PROGRAMAÇÃO

PROGRAMAÇÃO MARÇO

PROGRAMAÇÃO MARÇO
29.03 – Ala dos Compositores Kolombolo e Ideval Anselmo
O premiado compositor de samba enredo Ideval Anselmo se une a integrantes do Grêmio Recreativo de Resistência Cultural Kolombolo Diá Piratininga, formado por talentos da velha guarda do samba paulista. Embaixador do Samba em São Paulo, Ideval é criador de alguns dos clássicos que marcaram a história do Carnaval e do samba da cidade, como “Narainã” e “Cabaré”. 
 
Fundado em 2002, o Grêmio Recreativo faz pesquisas, oficinas culturais, encontros, produções de CDs e shows com o objetivo de trazer ao público a história do samba paulista. Sua Ala dos Compositores, criada em 2008, é formada por Renato Dias (voz/tamborim); Rodolfo Stocco (voz/violão); Roberta Oliveira, Priscila Lavorato e Anita Galvão (coro); Gabriel Spazziani (cavaco e voz); Mestre Pio (pandeiro); Ricardinho 7 platinelas (percussão geral), Mônica Pérola Negra (voz /surdo) e Gringo Alegoria (percussão geral).
 
No repertório, Samba no Terreiro (Ideval Anselmo/Zelão); Vacilo (Ideval Anselmo); Mito mensageiro (Ideval Anselmo/Sílvio Modesto); Lua, A (Ideval Anselmo/Zelão); A jangada, o mar e o amor (Ideval Anselmo/Soró/Carlinhos); O navegante negro (Ideval Anselmo/Zelão); Tributo ao bamba (Ideval Anselmo); Água cristalina (Ideval)/Narainã (Ideval Anselmo/Zelão/Jordão); Mineira guerreira (Ideval Anselmo/Henrique); Cabaré (Ideval Anselmo/Zelão); Kolombolo (Toniquinho Batuqueiro/T. Kaçula/Renato Dias); Galo ao amanhecer (Leandro Medina).
22.03 – Ala dos Compositores Kolombolo e Elizeth Rosa
Intérprete e compositora, Elizeth Rosa se une aos integrantes do Grêmio Recreativo de Resistência Cultural Kolombolo Diá Piratininga, formado por talentos da velha guarda do samba paulista. Descendente de imigrantes italianos, Elizeth é vencedora do concurso de samba de quadra na Vai Vai. Seu primeiro disco solo, “Negro Luz”, foi lançado em 2008. 
 
Fundado em 2002, o Grêmio Recreativo faz pesquisas, oficinas culturais, encontros, produções de CDs e shows com o objetivo de trazer ao público a história do samba paulista. Sua Ala dos Compositores, criada em 2008, é formada por Renato Dias (voz/tamborim); Rodolfo Stocco (voz/violão); Roberta Oliveira, Priscila Lavorato e Anita Galvão (coro); Gabriel Spazziani (cavaco e voz); Mestre Pio (pandeiro); Ricardinho 7 platinelas (percussão geral), Mônica Pérola Negra (voz /surdo) e Gringo Alegoria (percussão geral).
 
No repertório, Olho comprido (Elizeth Rosa/Paulo Cássio); Sereno (Oswaldinho da Cuíca); Misturinha (Elizeth Rosa); Praça 14 Bis (Eduardo Gudin); Negro luz (Ligeirinho/Elizeth Rosa); Salve Rainha (Renê Sobral); Irmãos de fé (Magno/Maurílio/Paquera/Chapinha); Decisão (Elizeth Rosa); Kolombolo (Toniquinho Batuqueiro/T. Kaçula/Renato Dias); Galo ao amanhecer (Leandro Medina); Reduto de sambista (Marquinhos Jaca); Canto de luz (Elizeth Rosa).
15.03 – Ala dos Compositores Kolombolo e Zé Maria
Intérprete oficial da escola de samba Unidos do Peruche, Zé Maria se une a integrantes do Grêmio Recreativo de Resistência Cultural Kolombolo Diá Piratininga, composto de talentos da velha guarda do samba paulista.
 
José Maria Dias começou a participar das atividades do Grêmio Recreativo Cultural e Social Escola de Samba Unidos do Peruche em 1968, como ritmista da bateria. Como compositor, o atual integrante da Ala dos Compositores da Unidos do Peruche teve a “Tristeza de sambista”, sua primeira obra, premiada no 1º Festival de Samba de Quadra de São Paulo. 
 
Fundado em 2002, o Grêmio Recreativo faz pesquisas, oficinas culturais, encontros, produções de CDs e shows com o objetivo de trazer ao público a história do samba paulista. Sua Ala dos Compositores, criada em 2008, é formada por Renato Dias (voz/tamborim); Rodolfo Stocco (voz/violão); Roberta Oliveira, Priscila Lavorato e Anita Galvão (coro); Gabriel Spazziani (cavaco e voz); Mestre Pio (pandeiro); Ricardinho 7 platinelas (percussão geral), Mônica Pérola Negra (voz /surdo) e Gringo Alegoria (percussão geral).
 
No repertório, Kolombolo (Toniquinho Batuqueiro/T. Kaçula / Renato Dias), Galo ao amanhecer (Leandro Medina), Quebrantos (Zé Maria), Lua e Cavaquinho (Zé Maria); Do Salgueiro ao caqui (Zé Maria), Doce mulher (Zé Maria); Sentimentos (Zé Maria), Perdido na noite (Zé Maria), Chuva de verão (Zé Maria), Domingo de Carnaval (Zé Maria), Remetente (Zé Maria) e Carapuça (Zé Maria).
08.03 – Ala dos Compositores Kolombolo e Tias Baianas Paulistas
No Dia Internacional da Mulher, o MCB estréia sua programação musical de 2009 trazendo as senhoras da ala das baianas pertencentes a diversas agremiações carnavalescas de São Paulo, como Vai-vai e Nenê da Vila Matilde. O espetáculo, uma confraternização em homenagem às mulheres, desperta um novo momento no cenário da música popular brasileira e reafirma uma paulicéia africanista, que sai dos seus porões e delata a liberdade cultural de um povo.
 
No repertório, Garoa, resistência do meu samba (Renato Dias/Heron Coelho/T. Kaçula); Tributo a Daniel (Mestre Feijoada); Claridade (Tabajara Rosa); Bloco do chora galo (Toniquinho Batuqueiro); Barroca dos tempos idos (Thiago Barroca); Marinheiro só (Caetano Veloso); Ponto de coroa (Élcio de Oxalá); Grupo da Barra Funda (Dionísio Barbosa/Luiz Barbosa); Baianas tradicionais (T. Kaçula/Renato Dias); Tributo a Valtinho das Baianas (Tabajara Rosa).
 
Tias Baianas Paulistas foi formado em 1997 com senhoras da ala das baianas pertencentes a diversas agremiações carnavalescas de São Paulo, como Vai-Vai, Nenê da Vila Matilde, Unidos do Peruche e Mocidade Alegre. Formado por Nadyr, Madá, Ione, Clara, Neide Veloso, Neide André, Áurea, Graciete, Maria José, Ieda, Oneida, Lurdes Texeira, Geraldinha, Danda, Odete, Neusa e Lindinha, o grupo lança neste ano seu primeiro CD dentro do projeto Memória do Samba Paulista.
 
Fundado em 2002, o Grêmio Recreativo faz pesquisas, oficinas culturais, encontros, produções de CDs e shows com o objetivo de trazer ao público a história do samba paulista. Sua Ala dos Compositores, criada em 2008, é formada por Renato Dias (voz/tamborim); Rodolfo Stocco (voz/violão); Roberta Oliveira, Priscila Lavorato e Anita Galvão (coro); Gabriel Spazziani (cavaco e voz); Mestre Pio (pandeiro); Ricardinho 7 platinelas (percussão geral), Mônica Pérola Negra (voz /surdo) e Gringo Alegoria (percussão geral).

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h

Skip to content