PROGRAMAÇÃO

PERFIL PEDRO ASSAD | MÚSICA NO MCB

PERFIL PEDRO ASSAD | MÚSICA NO MCB
Conheça a história de Pedro Assad.
Foto: Pedro Ivo 

#MÚSICANOMCB

 Museu da Casa Brasileira homenageia o pianista Pedro Assad

Com mais de 25 anos de carreira como pianista e compositor, Pedro Assad conquistou os cenários da música popular e da música clássica brasileira. Além de vir se apresentando em palcos importantes como a Sala Martins Penna (Teatro Nacional Cláudio Santoro em Brasília), Teatro da Caixa (Brasília), Instrumental SESC Brasil (Sesc Consolação e Av. Paulista – São Paulo), SESC Pompéia (São Paulo), Memorial da América Latina (São Paulo), Museu da Casa Brasileira (São Paulo), Jazz B e Jazz Nos Fundos (São Paulo), Blue Note – São Paulo e Centro de Convivência (Campinas), o músico também atua como performer e compositor de trilhas sonoras para dança, teatro e circo.

Pedro Assad e Meretrio – Instrumental SESC Brasil

“Cuidado! Eles estão chegando… Pedro Assad e o Meretrio estão na cozinha trazendo os ingredientes que adquiriram em suas produtivas pesquisas, com muita energia, bom gosto, humor, coragem, misturando tudo com a maestria de um chef. Prepare seu paladar, pois vem aí alimento cheio de temperos e ousadias ‘culinárias.”
– Paulo Braga, pianista e compositor. Sobre o álbum autoral Pedro Assad e Meretrio – Na Cozinha (2010)

O músico começou seus estudos ao piano aos nove anos de idade em Brasília (DF) e alguns anos mais tarde entrou para a Escola de Música de Brasília, onde se formou em 2002 sob a orientação da professora Alda de Mattos. Participou também de alguns festivais como algumas edições do Civebra (Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília) e duas edições da Oficina de Música de Curitiba, onde teve a oportunidade de conhecer alguns dos grandes artistas do cenário nacional da música instrumental brasileira como Guinga, Márcio Bahia, Maria Tereza Madeira, Leandro Braga, Gilson Peranzzetta, Délia Fischer, André Mehmari entre outros.

O pianista e compositor também passou pela Unicamp (Campinas – SP), onde se formou – em 2007 – como bacharel em Piano com o professor Rafael dos Santos. Logo depois, se mudou para a cidade de São Paulo, onde deu continuidade à sua atuação profissional como músico.

Ao longo dos anos, trabalhou com diversos gêneros da música como: jazz, pop, rock, música clássica, tango instrumental, choro, música brasileira e música instrumental autoral.

DISCOGRAFIA

Entre os principais trabalhos do artista, estão: “Pedro Assad e Meretrio – Na Cozinha” (2010), “Café Tango Toca Astor Piazzolla” (2013), “Bora Barão – Baile” (2014) e “Pedro Assad +2 trio – Em Busca de um Cachê” (2020), todos lançados ou apresentados nos palcos do Museu da Casa Brasileira (MCB).

O primeiro trabalho do pianista lançado no MCB foi “Pedro Assad e Meretrio – Na Cozinha”, sua primeira obra autoral. O CD teve shows realizados em alguns palcos importantes da cidade de São Paulo como SESC Pompéia e Instrumental SESC Brasil.

Bora Barão Instrumental SESC Brasil

O grupo Bora Barão, que apresenta um trabalho autoral baseado nas influências da música regional brasileira, também fez shows no MCB divulgando seu CD – “Bora Barão – Baile”, que contém cinco composições de Pedro Assad. O grupo também se apresentou em outros importantes palcos da cidade de São Paulo, como Instrumental SESC Brasil e SESC Santo Amaro. Além disso, participou da 7ª edição do Festival Sonamos Latino América, fazendo uma breve turnê por 5 cidades da Argentina no ano de 2013. Bora Barão também teve a oportunidade de participar do programa Metrópolis, da TV Cultura, em 2015.

Morte do Anjo – Café Tango

Café Tango é um quinteto de piano, contrabaixo, violino, sanfona e guitarra, dedicado a interpretar as obras do compositor Astor Piazzolla. Sempre foi muito bem recebido pelo MCB, realizando, além de shows dentro da programação normal do museu, apresentações que fizeram parte da programação da Virada Cultural em São Paulo, além de SESCs de algumas cidades do interior e Memorial da América Latina. O grupo fez o lançamento do seu CD, “Café Tango toca Astor Piazzolla”, pelo projeto Música no MCB, em 2013, com recorde de público e mais de 200 CDs vendidos na ocasião.

Café Tango também fez parte da trilha sonora do filme “O Argentino”, de Diego da Costa, vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor direção e Júri Popular no IV Paulínia Festival de Cinema, contendo algumas composições do pianista compostas para o curta-metragem.

Valsa de Inverno – Pedro Assad +2 trio

Em Busca de um Cachê – Pedro Assad +2 trio

Lançou o trabalho Pedro Assad +2 trio no Blue Note – São Paulo e, em 2019, apresentou o projeto no MCB. Essa é a obra autoral mais recente do pianista e está disponível na plataforma Bandcamp. O disco contém 6 faixas que foram gravadas no estúdio Arsis, masterizadas no Reference Mastering Studio, com vídeos disponíveis no canal do músico no YouTube.

Entre outros trabalhos nos quais o pianista atuou como convidado, estão a peça de teatro “O Imprevisível Circo da Lua – Cia Paralá dos Anjos”(2014) – em que assina a trilha sonora original junto ao compositor Vinícius Sampaio – o espetáculo de dança “Os Corvos – Luis Arrieta e Luis Ferron” (2017), em que atua como pianista e diretor musical, e os CDs “Banda de Argila – Refrão”(2011), como compositor e tecladista, e “Rita Bastos – Pode Ser” (2013), como arranjador, tecladista e pianista.

Atualmente Pedro Assad concentra seu trabalho como pianista e compositor junto a seus parceiros de som, Pedro Prado (bateria) e Ramon del Pino (baixo), além de atuar como professor particular em seu projeto pessoal “Aulas de Piano SP”.

Vento no Varal – Projeto Música no Varal

Acompanhe o trabalho de Pedro Assad pelos diferentes canais:

Instagram | YouTube | Spotify | Site | Bandcamp

 

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país realizada desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

Acompanhe o Museu da Casa Brasileira também pelas redes sociais.
Instagram | Facebook | Twitter | YouTube | LinkedIn | Spotify

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h

Skip to content