PROGRAMAÇÃO

PERFIL HÉRCULES GOMES | MÚSICA NO MCB

PERFIL HÉRCULES GOMES | MÚSICA NO MCB
Conheça a história de Hércules Gomes.
Foto: Paulo Rapoport

#MÚSICANOMCB

#MCBEMCASA

Museu da Casa Brasileira homenageia o pianista Hércules Gomes

Considerado um dos pianistas brasileiros mais representativos da atualidade, Hércules Gomes iniciou sua trajetória na música aos 13 anos de idade como autodidata. Não demorou muito até que o garoto capixaba, natural de Vitória (ES), começasse a tocar em bandas do cenário musical da região e, posteriormente, conquistasse o Brasil e o mundo. Durante sua carreira, estudou na Escola de Música do Espírito Santo (então “EMES”) e se formou como bacharel em Música Popular na Universidade de Campinas (Unicamp).

Nos últimos anos, Hércules participou de trabalhos célebres ao lado de grandes músicos como Arismar do Espirito Santo, Letieres Leite, Alessandro Penezzi, Wilson das Neves e Banda Mantiqueira, além de se apresentar em importantes festivais nacionais e internacionais como: Festival de Inverno de Campos do Jordão (SP); Festival Internacional Jazz Plaza, em Havana (Cuba); Festival Piano, Piano, no Centro Cultural Kirchner, em Buenos Aires (Argentina); Brazilian Music Institute, em Miami (EUA) e outros. Em alguns destes festivais, também atuou como professor, ministrando palestras, oficinas e workshops.

Em 2014, participou do projeto “GOMA-LACA – Afrobrasilidades em 78 RPM” junto ao maestro baiano Letieres Leite; nele, foram resgatadas músicas do candomblé, capoeira, jongo, maracatu, embolada e choro, todas originalmente gravadas entre as décadas de 1920 e 1950. Já em 2015, participou da gravação do CD “Radamés Gnattali – Concertos Cariocas”, no qual interpretou o Concerto Carioca no 2 ao lado da Orquestra Sinfônica de Campinas.

No ano de 2018, foi solista convidado da Orquestra Jovem Tom Jobim em um tributo a Jacob do Bandolim e, no mesmo ano, a convite do Ministério das Relações Exteriores, apresentou-se como solista ao lado da Jerusalem Symphony Orchestra na cidade de Jerusalém. Em 2019, apresentou-se, também, com a Filarmônica de Montevidéu no Uruguai e foi solista convidado da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (OSUSP) em concerto na Sala São Paulo.

PREMIAÇÕES

O músico foi premiado diversas vezes na última década. Em 2012, venceu o 11º Prêmio Nabor Pires de Camargo – Instrumentista e, em decorrência desta premiação, recebeu a Outorga do Colar do Centenário pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo no ano seguinte. Em 2014, foi premiado no I Prêmio MIMO Instrumental promovido pelo maior festival de música instrumental do Brasil (MIMO) com o objetivo de revelar novos talentos.

DISCOGRAFIA

Hércules lançou seu primeiro trabalho solo, “Pianismo”, em 2013 com fortes influências de ritmos brasileiros, jazz e música erudita. O segundo CD, “No tempo de Chiquinha” (2018), chegou poucos anos após a estreia do artista e comemorou 170 anos da pianista e compositora Chiquinha Gonzaga. O terceiro e mais recente álbum de Gomes, “Tia Amélia para Sempre”, foi lançado em 2020 como uma homenagem à Amélia Brandão (1897-1983) e teve uma ótima recepção pelo público e pela crítica.

Ambos os discos podem ser ouvidos pelo Spotify e adquiridos em versão física pelo site do artista.

Acompanhe o trabalho de Hércules Gomes pelos diferentes canais:

Instagram | Facebook YouTube | Spotify | Site

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país realizada desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

Acompanhe o Museu da Casa Brasileira também pelas redes sociais.
Instagram | Facebook | Twitter | YouTube | LinkedIn | Spotify

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h

Skip to content