PROGRAMAÇÃO

VITRINE | UTENSÍLIOS DA COZINHA BRASILEIRA

Visitação a partir de 01 de outubro de 2019.

Ao falarmos de gastronomia, tema que nos últimos anos vem ganhando cada vez mais projeção e adeptos, não podemos deixar de mencionar o rol de apetrechos e equipamentos que são parte importante na preparação dos alimentos. Para compor a nova vitrine expositiva do MCB foram garimpados utensílios utilizados na cozinha brasileira desde o século 19, tanto para o processamento de alimentos quanto para o serviço à mesa.

Processamento
O processamento dos alimentos é uma etapa fundamental da culinária, está cercado de técnicas, costumes e tradições e vai do beneficiamento (separação, limpeza, etc.) do seu estado in natura até a elaboração dos pratos (moagem, trituração, cozimento). Ao longo da história da alimentação, foram utilizados equipamentos que revolucionaram o modo de preparo e conservação dos alimentos. Podemos dividir o processamento em dois momentos: antes do advento da eletricidade, com os utensílios artesanais e pré-elétricos movidos pelo esforço humano; e depois, com os utensílios elétricos que contribuíram para diminuir o tempo de preparo dos pratos. Os objetos do acervo MCB narram a transformação no beneficiamento da alimentação através dos séculos 19 e 20.

Serviço
A maneira como os alimentos são apresentados e servidos é parte importante da experiência gastronômica. Ao longo dos séculos, os utensílios (pratos, talheres, recipientes para bebidas, etc.) incorporaram novas formas, materiais, cores e estilos, com o objetivo de tornar o ato da refeição ainda mais prazeroso e prático, além de transmitir sinais de distinção. Restritos inicialmente a uma camada privilegiada da sociedade, a exemplo dos serviços de jantar da coleção Crespi Prado (expostos no primeiro andar do Museu da Casa Brasileira), estes utensílios se diversificaram e, muito lentamente, se popularizaram, sobretudo após o incremento da produção industrial. Alguns exemplos dessa vitrine são pioneiros no uso do plástico em objetos de serviço.

 

VISITAÇÃO
De terça a domingo, das 10h00 às 18h00
Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada
Gratuito aos finais de semana e feriados
Acessibilidade no local
Bicicletário com 40 vagas | Estacionamento pago no local

Museu da Casa Brasileira
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano/SP
Próximo à estação Faria Lima da Linha Amarela do Metrô
Tel.: (11) 3032-3727

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h