PROGRAMAÇÃO

MOSTRA | PASSAGENS – ESPAÇO DE TRANSIÇÃO PARA A CIDADE DO SÉCULO XXI

Créditos: Renato Parada

#EXPOSIÇÕESMCB

Em cartaz de 17 de fevereiro a 08 de abril de 2018. 

O Museu da Casa Brasileira recebeu em 2018 a exposição ‘Passagens – Espaço de Transição para a Cidade do Século XXI’, mostra internacional do Instituto Cidade em Movimento (IVM) / Institut pour La Ville En Mouvement Vedecom que tratava das passagens – pequenos espaços da mobilidade como túneis, escadarias, passarelas e pontes, determinantes na qualidade dos deslocamentos a pé pelas metrópoles.

Abertura da Mostra 

Créditos: Vinicius Stasolla

‘Passagens’, que já esteve em Paris, Pequim, Barcelona e Buenos Aires, foi apresentada em quatro áreas, cada uma tratando de diferentes aspectos, seu conceito e evolução histórica. Foram destaques as barreiras de infraestrutura que dificultam ou impedem a locomoção; as características dos locais de passagem como ligação, lugar e transição; e os resultados dos concursos de projetos de arquitetura promovidos pelo IVM ao redor do mundo nos últimos quatro anos.

Alguns Registros Divulgados na Mostra 

Por meio de uma instalação na parede, o visitante conseguiu “experimentar” a mobilidade em vários contextos urbanos. Um mapa pontuou os projetos e ações concretas do IVM em diferentes partes do mundo. Além da exposição, foram programadas atividades educativas, como debates e apresentações, além da exibição de cinco curta-metragens sobre ‘passagens’ na África dentro da mostra.

Registros da Palestra

Destaques na Mídia 

Impresso 

Diário Oficial de SP | São Paulo News | O Estado S. Paulo | Revista São Paulo | Guia da Folha | Guia Divirta-se

Online

Mobilidade Sampa | Mobilize | Portal da Secretaria de Cultura do Estado de SP | Acesso Cultural | Portal Rosa Choque | Estadão

Rádio

Rádio Cultura

Rádio Cultura

Rádio CBN

Making of da Mostra

 

Concursos
O desafio proposto nos diferentes concursos do IVM dentro do programa Passagens foi o de estabelecer ligação onde não havia, integrando a cidade fragmentada e atendendo aos pedestres, com atenção especial aos mais vulneráveis. No Brasil, o IVM desenvolveu estudos sobre a estrutura e padrões de uso das passagens do Jardim Ângela sob diversos aspectos da mobilidade, culminando com o concurso de projetos no início de 2017. O vencedor também estava na exposição em cartaz no MCB.

Sobre o IVM
Criado em 2000, o Instituto Cidade em Movimento (IVM) surge a partir de uma abordagem iconoclasta, independente e inovadora da mobilidade urbana. Há 18 anos desenvolve pesquisas e ações internacionais para contribuir com a cultura da mobilidade urbana. O seu objetivo é acompanhar as transformações dos centros urbanos em todo o mundo com foco na escala humana. E envolver a sociedade civil nesta reflexão sobre a cidade. Para isso, se concentra na produção de pesquisas, publicações, exposições e seminários abertos ao público sobre a qualidade do espaço público da mobilidade, intermodalidade e direito à informação, tempo e qualidade dos deslocamentos.
O IVM mobiliza especialistas na Ásia, nas Américas e na Europa, com programas de pesquisa e projetos de campo inovadores. Reúne parcerias público-privadas, representantes do mundo dos negócios e pesquisadores, agrega acadêmicos com atores da vida social e cultural, bem como diversas cidades e países, na reflexão sobre a dinâmica da vida urbana. Desde 2016, o IVM passou a integrar o VEDECOM, um instituto francês que tem a missão de trabalhar para a inovação, pesquisa e formação aplicadas aos transportes e à mobilidade responsável, gerando atividades e emprego.

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo que completou 50 anos em 2020, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país realizada desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

Museu da Casa Brasileira
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano
Tel.: +55 (11) 3032.3727

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h

Skip to content