PROGRAMAÇÃO

MOSTRA | COLEÇÃO MCB – NOVAS DOAÇÕES

Fotos: Renato Parada

#MCBemcasa

Em cartaz de 24 de novembro de 2016 a 23 de abril de 2017. 

Por séculos as peças da esfera doméstica têm sido responsáveis por materializar com clareza o estilo, as correntes artísticas, a história e o contexto socioeconômico das nações. Em um país forjado num caldeirão de culturas como o Brasil, torna-se mais que relevante observar a evolução de seu mobiliário para entender e preservar sua história. Esta é a vocação do Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, que celebra mais de quatro décadas de pioneirismo na valorização do design nacional com mostra inédita de seu acervo.

A mostra Coleção MCB – Novas Doações apresenta a remodelação do acervo do museu, composto por móveis e objetos representativos da casa brasileira desde o século XVII até os dias de hoje, e exibe ainda 87 peças inéditas recém-incorporadas ao acervo, notadamente do período moderno brasileiro. Entre elas estão objetos de destaque no design brasileiro, como a Poltrona Jangada de Jean Gillon, a Luminária Concha de Fábio Alvim, a cadeira Oswaldo Bratke, e também projetos vencedores importantes na história do Prêmio Design MCB, como a poltrona Mandacaru, de Baba Vacaro, e a poltrona Cadê da Ovo Design.

Confira abaixo alguns dos croquis elaborados para a montagem da mostra:

 

Integra ainda a exposição uma seção de imagens constituída a partir do projeto Casas do Brasil, iniciativa do MCB criada há dez anos e que resgata a memória sobre a diversidade do morar brasileiro. Desde o início do projeto, em 2006, foram registrados tipos diversos de moradias brasileiras, como casas populares de diferentes estados brasileiros, as barracas ciganas, a tipologia da oca Xinguana, as habitações ribeirinhas da Amazônia e as soluções feitas pelos detentos do Carandiru para facilitar a vida no cárcere.

Vale destacar que esse conjunto significativo é consequência da elaboração da Política de Gestão de Acervo, inovação desenvolvida pela atual gestão em conjunto com o Comitê de Orientação Cultural designado pelo Governo do Estado de São Paulo. Com as bases dessa política, foram criados critérios para o desenvolvimento da coleção. Assim, o Museu da Casa Brasileira vem, dentre outras ações, estreitando relacionamento com colecionadores, galeristas e empresas de design. De maneira colaborativa com profissionais do setor, a equipe de experts em arte, arquitetura e design que integra o MCB vem contribuindo para o desenvolvimento da identidade do acervo.

Confira na reportagem da TV Câmara, de 2016, Giancarlo Latorraca, diretor técnico no MCB, explicando um pouco mais sobre a exposição:

Acervo pioneiro
O acervo do MCB segue, a partir desta significativa expansão, incorporando peças relevantes de várias fases do design brasileiro; neste momento com foco principal no período modernista (que abrange as décadas de 1950 e 1960), essencial para entender o desenvolvimento da identidade do design nacional.

Diferentemente da produção de móveis e objetos que vinha buscando inspiração e soluções técnicas na tradição europeia, como o estilo Luís XV, o período modernista foi o momento crucial para a construção da identidade do design brasileiro e a busca por formas, materiais e conceitos que fizessem sentido para a tão diversa forma de morar do país e acompanhasse o protagonismo assumido pela arquitetura no contexto nacional e internacional naquele momento. Investigar e valorizar a produção brasileira deste período faz parte da missão pioneira do MCB para o inventário, pesquisa, difusão e fomento do design nacional.

Após revisar sua origem e constituição do acervo*, hoje o Museu estabelece as bases da sua primeira Política de Gestão de Acervo, passando a incorporar oficialmente em seu escopo constitutivo questões de valoração e inclusão de objetos ligados ao universo cultural do design. Passa a considerar o campo do design como cultura cotidiana e cumpre seu papel de representação prospectiva e retrospectiva da cultura brasileira.

ALGUNS DESTAQUES DA MÍDIA: 

 

Casa e Jardim | Casa Vogue | Folha de S. Paulo | Veja SP

Caderno Casa – Jornal O Estado de S. Paulo | Guia Divirta-se  | Revista 29 Horas

No Rádio_Rádio CBN_Entrevista com Giancarlo Latorraca
Rádio Cultura_Programa Metrópolis 

 

CONHEÇA A ESTANTE DO MCB. 

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo que completa 50 anos em 2020, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país realizada desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

Museu da Casa Brasileira
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano
Tel.: +55 (11) 3032.3727

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h

Skip to content