PROGRAMAÇÃO

Marcas Registradas

Marcas Registradas

No dia 20 de maio, como parte da programação da mostra Marcas Registradas, acontecerá um debate aberto ao público e gratuito. O evento terá a participação do arquiteto Michel Gorski, autor das fotos e criador dos objetos em exposição, de Salomon Cytrynowicz, curador de mostra, e da convidada Adélia Borges, jornalista e curadora especializada em design.

“A exposição Marcas Registradas, nasceu de fotografias captadas em festa popular na Bahia, que, anos depois, se transformaram em objetos lúdicos e de design. O debate com Adélia Borges e Salomon Cytrynowicz visa a aprofundar o entendimento do potencial de apropriação de expressões populares, plenas de imaginação e criatividade, por profissionais como artistas, designers e arquitetos”, afirma Michel Gorski.

Servirão de referência para o encontro as peças criadas por Gorski como guarda-chuvas, almofadas, sacolas plásticas, pufes, dados e jogos, além de matrizes como o conjunto de cadeiras e mesa originais das barracas de Salvador em exposição (foto), proveninte do acervo do Pavilhão das Culturas Brasileiras no Parque do Ibirapuera, cujo projeto conceitual foi coordenado por Adélia Borges.

As inscrições podem ser feitas pelos contatos: (11) 3032 2499 ou agendamento@mcb.org.br (será possível também fazer a inscrição na hora do evento).

Sobre Marcas Registradas
Com patrocínio da Construtora Atlântica Cibracon, a exposição traz fotografias do arquiteto Michel Gorski ao lado de peças de caráter lúdico e outras de uso cotidiano. Criados especialmente para a exposição, guarda-chuvas, almofadas, gravatas, sacolas plásticas e em tecido, entre outras peças, destacam a riqueza de repertório gráfico popular por meio da utilização de estampas e adesivos inspirados nesta linguagem. Realizada em 2012 no SESC Bom Retiro, a mostra, que tem curadoria de Salomon Cytrynowicz, ganha remontagem no MCB.

”As fotografias de Michel Gorski, captadas na véspera da festa de Yemanjá, em 1º de fevereiro de 1995, no bairro do Rio Vermelho, são as fontes das ‘marcas registradas’, que explodem num sem número de combinações. A mostra conta a história de bancos e mesas de madeira simples que, pintados, singularizavam o mobiliário de cada barraca nas festas de largo em Salvador, até 1998, quando foram compulsoriamente substituídos por móveis de plástico”, revela Salomon Cytrynowicz. Um conjunto de cadeiras e mesa originais das barracas de Salvador estará em exposição, proveninte do acervo do Pavilhão das Culturas Brasileiras no Parque do Ibirapuera.

O conjunto de objetos presente em Marcas Registradas possibilita atividades ludo-educativas dirigidas ao público infantojuvenil, mas desfrutável por todas faixas etárias. Pufes para sentar, cubos que podem ser combinados aleatoriamente, dados e até um jogo da memória de grandes dimensões integram a mostra, gerando diversas possibilidades de interação com o público espontâneo e também de atividades mediadas pelos educadores do MCB.

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h