Visitas Noturnas

Visitas Noturnas

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, oferece visitas noturnas em quartas-feiras alternadas, com gratuidade para o ingresso das 18h às 22h. No mês de outubro, a ação, que visa ampliar o acesso do público ao museu em horários alternativos, acontece nos dias 1, 15 e 29 e traz uma atração especial: visitas conduzidas pelo curador da mostra Maneiras de expor:arquitetura expositiva de Lina Bo Bardi.

Em todas as aberturas noturnas de outubro, às 19h30, o curador Giancarlo Latorraca conduzirá o público pela exposição “Maneiras de expor”, abordando detalhes da trajetória profissional de Lina Bo Bardi e destacando características de sua arquitetura expositiva. As inscrições gratuitas para a visita especial, que também acontece no dia 18 de outubro, sábado às 11h, podem ser feitas pelos contatos: (11) 3032.2499 ou agendamento@mcb.org.br (sujeito à disponibilidade de vagas).

Diretor técnico do MCB, Latorraca trabalhou com a arquiteta a partir do final dos anos 1980 e colaborou com ela em projetos no escritório compartilhado com André Vainer, Marcelo Ferraz e Marcelo Suzuki. Também fez parte da equipe do Instituto Lina Bo e P. M. Bardi, onde foi um dos responsáveis pela pesquisa de conteúdo e elaboração dos livros da série “Arquitetos Brasileiros”, que teve volumes dedicados a personalidades como João Filgueiras Lima (Lelé), Vilanova Artigas e à própria Lina Bo Bardi, protagonista do primeiro título da coleção, publicado em 1993 (um ano após sua morte).

Em cartaz até 9 de novembro, a mostra reúne desenhos, cartazes e fotos originais de exposições realizadas por Lina, além de 6 exemplares dos famosos cavaletes de vidro criados por ela. Com a experiência de quem estudou a obra e trabalhou ao lado da arquiteta, Giancarlo auxilia o público a compreender a importância de sua atuação. 

“Apresentamos nesta exposição-homenagem, uma frente da múltipla atuação da arquiteta Lina Bo Bardi: exposições que desenhou, curou e realizou”, explica Giancarlo Latorraca. “Buscamos trazer uma visão ampla e não única desta ‘trajetória expositiva’, desde as experiências aplicadas no MASP 7 de Abril, feitas com a fresca bagagem da cultura museológica italiana, às grandes mostras populares do SESC Pompeia.”

Além de Maneiras de expor, nas visitas noturnas também será possível conhecer as exposições em cartaz por tempo indeterminado no museu.Coleção MCB reúne móveis e utensílios representativos da casa brasileira do século 17 ao 21, e A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais da casa que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi.

Realizadas desde o início de 2012, as visitas noturnas contribuíram, ao lado de um conjunto de ações do MCB, para o crescimento da frequência ao museu a patamares superiores aos 100 mil visitantes anuais. Além das exposições de acervo e mostras temporárias sobre arquitetura e design, os visitantes têm acesso também a atrações especialmente elaboradas para o horário estendido, como visitas orientadas por curadores, apresentações musicais, lançamentos de documentários e livros, debates, entre outras programações.

Em todas as aberturas noturnas, o Museu da Casa Brasileira atende ao público espontâneo e a grupos agendados. Os interessados em realizar visitas educativas podem ligar para (11) 3032-2499 e saber mais detalhes sobre esta iniciativa e as atrações em cartaz.


Agendamento: (11) 3032 2499 – agendamento@mcb.org.br

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h