OCUPAÇÃO FRISIR

Ocupação Frisir ​

Frisir: neologismo para o significante de arejar, ou seja, expor-se ao ar, refrescar, fazer circular.1

Ocupação Frisir é um dispositivo inventado pelo Educativo MCB para ativar conversas, levantar questionamentos e costurar narrativas do público, coletadas dentro e fora do museu. A ocupação se apresenta fisicamente em um painel expositivo no interior da casa, sobre o qual inserimos elementos provenientes destes diálogos.

Para inaugurar nossa série de ocupações perguntamos: Qual é a farmácia da sua casa?

Grande parte do que conhecemos de produtos da indústria farmacêutica e de cosméticos nasce de experimentações empíricas e saberes ancestrais.

Diante da ampliação do acesso a recursos biomédicos e alopáticos, o Educativo MCB abre campo para o compartilhamento e resgate das diferentes formas de cuidado existentes em nossas casas, que trazem consigo conhecimentos anteriores a estes que se tornaram hegemônicos a partir do processo de industrialização que caracteriza a medicina moderna.

Por meio de oficinas, coletas na calçada, anotações direto no caderno e outras ações, estendemos ao público o convite para explorar seu acervo de curas, rituais de proteção e cuidados traduzindo suas receitas e histórias para o Livro de Alquimias Caseiras, objeto físico disposto na ocupação, que irá reunir de forma livre, poética e experimental tais memórias, sem intenção de que sejam prescrições médicas. O livro está aberto para receber suas histórias.

Esta instalação é um organismo vivo, em constante transformação, expressa as reflexões da equipe do educativo e, por vezes, propõe diferentes maneiras de olhar para exposições da instituição.

Frisir, nome dado à ocupação, foi criado pela Rosângela Santos Santana, baiana, autora de neologismos que são uma onda. Rainha dos adornos, turbantes e de um estilo próprio. Na música mora o cuidado. Canta, dança e envolve pessoas com as batidas de seus afoxés. De muito afeto e olhar profundo, toca a alma com sensibilidade e arte. Um olhar desviante em conversa com o invisível.

SERVIÇO:
Painel FRISIR¹ Voando pra fora da casinha
De terça a domingo, das 10h às 18h. Sextas-feiras, das 10h às 22h.
Local: Em frente ao Restaurante Capim Santo
Entrada: R$20 (inteira) / R$10 (meia entrada)
Gratuito às sextas-feiras.

Acompanhe o Museu da Casa Brasileira também pelas Redes Sociais. 
Instagram | Facebook | Twitter | Youtube | Linkedin

Museu da Casa Brasileira_ Av. Faria Lima, 2705
Tel.: (11) 3032-3727

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h

Skip to content