PROGRAMAÇÃO

MERCADO DAS MADALENAS | 23 E 24 DE NOVEMBRO

Imagem: Divulgação Mercado das Madalenas

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, apresenta nos dias 23 e 24 de novembro, das 10h às 20h, a 25ª edição do Mercado das Madalenas, evento sazonal que fomenta a economia criativa e o consumo colaborativo. A feira antecipará o Natal, e oferecerá um fim de semana especial para criar e fortalecer laços, exercitar a criatividade e refletir sobre como comprar do pequeno fornecedor, produzir com recursos mais sustentáveis e viver com mais qualidade.

Nesta edição, o Museu abrirá, junto com o evento, no dia 23 de outubro, as exposições Concurso do Cartaz e 33º Prêmio Design MCB – a mais tradicional e longeva premiação da área no país, realizada desde 1986.  Os visitantes poderão conhecer em primeira mão as novas mostras e conferir a grande variedade de peças exclusivas confeccionadas artesanalmente por aproximadamente 120 expositores oriundos de várias cidades do país.

A feira agrega marcas de vestuário feminino, masculino e infantil, decoração, joias, acessórios e presentes, além de variadas opções gastronômicas. O Mercado das Madalenas promove, também, uma intensa programação cultural, com oficinas e palestras para públicos de diferentes faixas etárias e espaço kids.

Além disso, no domingo, das 10h30 às 11h30, o MCB será um dos roteiros da 7ª edição da Ciclovia Musical, projeto que visa incentivar a cidadania e promover a educação e o melhor convívio entre ciclistas e motoristas, com o intuito de democratizar o acesso à música clássica e instrumental. A apresentação no Museu será do Quintal de Fulô, grupo brasileiro fruto do encontro de quatro instrumentistas atuantes na cena paulistana. Entrada gratuita.

Um grande encontro do bem
Idealizado em 2012 por Inara Prudente Corrêa e Mônica Isnard, o Mercado das Madalenas reúne, durante dois dias, arte, moda, decoração, gastronomia e entretenimento, com a missão primordial de impulsionar a economia criativa, gerando oportunidades para produtores independentes apresentarem seus trabalhos e estreitarem relações com consumidores de forma direta. A proposta é sair do clichê dos shopping centers e, por isso, a curadoria segue critérios bastante seletivos.

“Nossa marca registrada é o alto astral, pois procuramos criar um ambiente onde a amizade é valorizada e a relação expositor-consumidor é resultado de uma conexão espontânea e natural”, afirma Mônica. “Em nosso modelo de negócio, a união e a colaboração se multiplicam em uma rede de clientes e fornecedores parceiros, valorizando trabalhos autorais. Unimos criadores a pessoas atraídas não só pela relação de compra, mas também pela troca de conhecimento”, diz Inara.

O Mercado das Madalenas busca valorizar e promover ações que contribuam para o bem-estar de cada indivíduo: seja selecionando marcas que produzam em cadeia sustentável, seja idealizando uma programação com palestrantes que explorem temáticas relacionadas à vida em equilíbrio, divulgando conteúdos que multipliquem o conceito amplo de que o homem e o ambiente que o cerca precisam estar em sintonia para que o futuro seja promissor. “Queremos promover a qualidade de vida e incentivar pequenos empreendedores a divulgar seus trabalhos, reunindo pessoas em um ambiente agradável para todos os gostos e idades”, complementa Inara.

“O MCB, único museu do país voltado ao design e à arquitetura, realiza uma série de eventos que valorizam o pequeno produtor ou artesão ligados às áreas de atuação da instituição, promovendo seu contato direto com o consumidor final a fim de garantir a sustentabilidade desta cadeia produtiva. O Mercado das Madalenas, que faz parte da agenda cultural do museu, reforça essa vocação”, acrescenta Miriam Lerner, diretora geral do Museu.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL
As atividades oferecidas durante o evento são gratuitas. Para participar, é necessário chegar com 1h30 de antecedência e se inscrever no local.

Dia 23/11 – Sábado
– Das 11h – 19h | Atelie ZigZag: construção de fantasias com Silvinha Moraes. Vagas: 10 crianças até 60 minutos. Valor: R$ 10,00 a hora.
– Das 12h às 13h | Oficina infantil: Comer, brincar e amar: vivência com alimentos com Wendy Kerr. Vagas: 20
– Das 13h30 às 14h45 | Oficina adulto: Atelier Fernanda Precoppe: confecção de arranjos de flores com Fernanda Precoppe. Vagas: 15
– 13h30 e 16h30 | Aula de yoga para crianças e contação de histórias. Duração de 30 minutos cada. Livre.
– Das 15h às 16h | Conversa: Como cuidar da energia da sua casa com aromaterapia com Karis Brito. Vagas: 20
– Das 16h30 às 17h30 | Oficina infantil e adulto: Essências da Terra: confecção de sais de banho com flores, ervas e óleos essenciais com Hilda Pontes. Vagas: 15

Dia 24/11 – Domingo
– Das 10h30 às 11h30 | Projeto Ciclovia Musical com Quintal de Fulô.
– Das 11h – 19h | Atelie ZigZag: construção de fantasias com Silvinha Moraes. Vagas: 10 crianças até 60 minutos. Valor: R$ 10,00 a hora.
– Das 12h às 13h | Oficina infantil e adulto: Heborá do Brasil: quintal polinizador com Juliana e Mariana Feres. Vagas: 20
– 13h30 e 16h30 | Pequenos Passos: aula de yoga para crianças e contação de histórias. Duração de 30 minutos cada. Livre.
– 13h30 às 14h30| Oficina infantil e adulto: Chicaoka – Papel em Flor: construção de buquês de flores de papel com Márcia Chicaoka. Vagas: 15
– Das 15h às 16h30 | Oficina infantil: A Casa Imaginária – confecção de toy art de massa a partir de desenhos feitos na hora pelas crianças com Walkiria Barone. Vagas: 20
– Das 16h30 às 17h30 | Conversa: Autonomia do Feminino validado e Legitimado com Nininha Campedelli. Vagas: 30

Serviços
Sábado e domingo, das 10h às 20h
– Tatuagem – Jeng Ho
– Tarô – Rosalia
– Visagismo – Descabelle

EXPOSITORES
189; Adedo; Aline Vito; Arbre; Art In Nature Bio Cosméticos Brasil; Ateliê Alaine Colucci; Ateliê Andreas Martorelli; Atelie Fernanda precoppe; Atelier Luciana; Pivato; Atelier Rosária Cunha; Atelier Soave; Azularia; Bag bag store; Bagubi; Barbutino; Bazzar. Conny; Bella Cuoca; Brincar de Croche; Bume; Bunekas & cia by.T.FA; C A S C A; Cacau e Curas; Camila Romero; CASA MO; CeciBorges Acessorios; Ceramicas by tati; Cheeky Children; Chicaoka papel em flor; Collab L2; Dafna Edery; Diversa Arte; Dot; Eco Tube; Ecolov; Eduardo Lisboa; Essencias da Terra; Estilo Barkoh; Estudio Capim; Estudio DB; Fabiana Zerbinatto Joias; Fan, estúdio de design; Feminist. Joy; Fernanda Filippis; Figa Swim; Fita de Moça; Flavio Dolce; Franciela Faleiro;  Giuliana de Fiori Atelier; Heborá; Iguana Eco; JOKY; Juprá; Kawa; Kaza Karis / Kaza Care; Lassô Beachwear; Lavender Gift; Le Tolentino; Lejour Homewear; Loom; Maria Sublime; Mariana Auerbach; Marion Kopel; Marisa M. Portela; Matriz Estamparia; Mauricio Duarte; Miemy stilo; Mint; Mundujú; n.u.q.i; NUAGE; Ó a Saia Dela; Oficina 551; Ong MundoGato; Para Dormir; Paula Fabbri; Plume Acessórios; Regina Levy; Rever Camisaria; Ricreare; Roxanne Duchini – Bijoux; Roxanne Duchini – Moda; Scorzelli Atelie; Soleilcrochet; Sous le Manteau cerâmica; Studio Dalzotto; Studio Lica Soares; Susu Bijoux; T. intimates; Tecer; Terral Natural; The Caveman; Timirim; Ventura Moda e Casa; Vic House; Zona de Conforto.

ALIMENTAÇÃO
A Padoquinha; Belle Tarde; Box 54 food; Cheers; Cozinha Voilá; Da Villar Food Truck; Doce Opium; Di Mami chocolates artesanais; Entrebolos ; Estudio KP; Jais Hand Made; Kiro; Limoncello Di Gagliardi; Mapuche Bier; Mel da Serra Gourmet; Mestiço Chocolates; Muu; Pão de Lé; Pão di queijo da mineira; Pedala Crepe; Quinta do Quiriri; Tabuleiro das meninas; Terra Banani; Sacola Tropical; Villa Lucchese.

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país, realizado desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

Sobre o Mercado das Madalenas
O Mercado das Madalenas surgiu em 2012 tendo como sócias as amigas Mônica Isnard e Inara Prudente Corrêa, com a proposta de sair do conceito de shopping centers e grandes comércios. O objetivo é gerar oportunidade para quem produz trabalhos de maneira autoral, de forma que os empreendedores possam divulgar seus serviços. Os critérios de seleção de expositores são altos. Quando foi idealizado, a meta principal era reunir amigos em um ambiente que fosse agradável e, ao mesmo tempo, repleto de possibilidades, com o diferencial de permitir aos clientes conhecer melhor quem faz o que está exposto e também o processo de criação dos produtos.

SERVIÇO
Mercado das Madalenas
Dias 23 e 24 de novembro de 2019
Sábado e domingo, das 10h00 às 20h00
Entrada Gratuita

Museu da Casa Brasileira
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano – SP
Próximo à estação Faria Lima do Metrô
Tel.: (11) 3032-3727

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h