ACERVO

ARTIGO «A CASA BRASILEIRA NAS ONDAS DO RÁDIO», POR WILTON GUERRA

ARTIGO «A CASA BRASILEIRA NAS ONDAS DO RÁDIO», POR WILTON GUERRA

No artigo “O Piano no cotidiano da casa brasileira”, vimos que a música esteve presente na casa brasileira por intermédio do piano, instrumento que tanto serviu para instrução como também para o lazer nas camadas abastadas da sociedade. O alto custo do instrumento inviabilizava o acesso a outras camadas da população, que o substituíam por instrumentos de corda ou sopro, como a violão ou a flauta.

Assim, este artigo se destina a fazer uma breve reflexão sobre a introdução do rádio no cotidiano da casa brasileira, equipamento que, assim como o piano, também nasceu no âmbito da elite, mas em poucos anos popularizou-se, permeando todas as camadas sociais e se tornando item indispensável na maioria das residências, tanto para o lazer e informação como sendo uma ferramenta de ideologia política para o Estado.

Clique aqui para ler o artigo completo

*Wilton Guerra atua como gerente do Núcleo de Preservação Pesquisa e Documentação do MCB (área responsável pelo acervo), desde 2006. É Bacharel e licenciado em História pela PUC-SP (2003), mestre em Museologia pela USP (2015) e técnico em museus pelo Centro Paula Souza (2007). Desde 1998, é pesquisador do Museu da Casa Brasileira (MCB). Em 2000, organizou três volumes (Arquitetura, Objetos e Equipamentos) da coleção “Equipamentos, Usos e Costumes da Casa Brasileira”. Em 2005, coordenou o projeto “Acervo Virtual – Equipamentos, Usos e Costumes da Casa Brasileira” (Arquivo Ernani Silva Bruno), que disponibilizou integralmente o acervo do MCB para consulta no site da instituição e em CD-Rom, para distribuição em instituições de ensino e bibliotecas. Nos últimos anos tem participado ativamente de pesquisa e desenvolvimento de exposições, entre elas: “Renata e Fábio – A Casa e a Cidade” (2006); “Coleção MCB” (2007); “A Casa Brasileira do MCB – Memórias de um Acervo” (2008); “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado” e “Madeira e Móvel – Um olhar sobre a Coleção MCB” (2012).

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h