PROGRAMAÇÃO

PROGRAMAÇÃO ABRIL

PROGRAMAÇÃO ABRIL
26.04 – Camerata Darcos
Com 16 integrantes, a Camerata Darcos tem o violinista Paulo Paschoal como regente e solista neste concerto de domingo. O grupo é formado por Leandro Dias (spalla); Hugo de Farias, Christian Sandu, e Gheorghe Voicu (primeiro violino); Leandro Rosseto, Karen Crippa, Carolina de Morais e Paula Brunelli (segundo violino); Wallas Pena, João de Pierrô e Bruno de Lucca (viola); Gustavo Lessa, Camila Hessel e Milena Salvatti (violoncelo) e Carlos Gomes (contrabaixo).
 
Desde sua fundação em 2004, a Camerata Darcos se dedica à formação de platéia para música de concerto, alcançando um trabalho artístico expressivo nestes cinco anos de produção. O projeto da orquestra é uma das principais ações do plano de música para jovens instrumentistas, sendo um referencial da música erudita no Estado de São Paulo. Seu repertório abrange obras de todos os períodos, como o barroco, clássico, romântico, além de peças de compositores modernos e os contemporâneos.
19.04 – Quinteto Brasileiro de Cordas
Criado em 2004 por renomados músicos, com experiência em importantes orquestras e salas de concerto, o grupo é integrado por Paulo Paschoal (primeiro violino), Leandro Dias (segundo violino), Wallas Pena (viola), Gustavo Lessa (violoncelo) e Carlos Gomes (contrabaixo). Apresenta um repertório que inclui música erudita, tango, choro e música popular, com composições de Carlos Gomes, Mozart, Piazzola, Villa-Lobos e Ernesto Nazaré.
 
O grupo tem sido aclamado pelo público e recebe elogios da crítica especializada em suas apresentações. O talento e o estilo pessoal dos músicos que formam o quinteto são algumas de suas principais características. No repertório: Sonata em Ré Allegro Animato – Carlos Gomes; Divertimento em Ré maior – W.A. Mozart (allegro, andante, presto); Otoño Portenho – Astor Piazzolla; Bachiana Brasileira nº 4 – Villa-Lobos; Brasileirinho – Valdir Azevedo; Tico-Tico no Fubá – Zequinha de Abreu; Escorregando – Ernesto Nazaré.
12.04 – Quarteto Brasileiro de Cordas
Criado em 2004 por músicos da Osesp para mesclar a música popular brasileira com o clássico erudito, o Quarteto Brasileiro de Cordas apresenta repertório diversificado, que inclui Mozart, Beatles, Pixinguinha , Tom Jobim, Chico Buarque de Holanda.
 
O grupo é formado por Paulo Paschoal (primeiro violino), César Miranda (segundo violino), Wallas Pena (viola) e Rodrigo Silveira (violoncelo). No repertório, Quarteto nº 20 in D Major K499 – W.A.Mozart (allegretto, minuetto, trio, adágio, allegro); Divertimento in BKV 137 – W.A.Mozart (andante, allegro di molto, allegro assai ); Gente Humilde – Chico Buarque/Garoto; Anos Dourados – Tom Jobim/Chico Buarque; Rosa – Pixinguinha ; Carinhoso – Pixinguinha/João de Barro; A Hard Day’s Night – Lennon/McCartney; Michelle – Lennon/McCartney.
05.04 – Paulo Paschoal e Karin Uzun
Naipe de primeiros violinos da Osesp e professor do Instituto Baccarelli, Paulo Paschoal toca com Karim Uzun, pianista do Teatro Municipal de São Paulo, trazendo repertório de músicas clássicas.
 
Paulo Paschoal iniciou os estudos de violino com seu pai. Com os violinistas Alberto Jaffé, Eric Lehninger e Ayrton Pinto, deu grande ênfase ao repertório romântico e camerístico. Venceu em 1995 o concurso para Jovens Solistas da Osesp. Participou dos CDs das Orquestras de Câmara Banespa, Santo André e da Osesp. Realiza anualmente turnês nacionais e internacionais.
 
Pianista do Teatro Municipal de São Paulo, Karin Uzun trabalha com os maiores nomes da música lírica brasileira. Conhecida como “orquestra portátil”, por seu toque cheio e denso, desenvolve intenso trabalho como professora de canto e técnica vocal, seguindo a escola deixada por sua professora, Leilah Farah, com quem trabalhou de 1996 a 2003.
Entrar em contato

Tue. to sun. from 10am to 6pm

Skip to content