PROGRAMAÇÃO

Climatização da mostra “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado”

Climatização da mostra “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado”

No final de 2014 foram realizadas obras para a climatização do espaço expositivo da mostra “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado”, viabilizadas por meio de edital do Ibram – Instituto Brasileiro de Museus. Além da exposição da Coleção Crespi-Prado, visando melhorar o acondicionamento de parte do acervo da instituição, as melhorias foram efetivadas também na sala do Centro de Documentação do Museu (CEDOC).

A exposição A Casa e a Cidade retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais da casa que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi. Apresenta, assim, um total de 221 peças entre mobiliário, porcelanas e prataria e pode ser visitada pelo público de terça a domingo, das 10h às 18h.

Edital do Ibram – O Museu da Casa Brasileira foi classificado no edital de Seleção Pública n.º 07/2012 – Prêmio Modernização de Museus – Microprojetos, publicado no Diário Oficial de 16 de novembro de 2012, do Instituto Brasileiro de Museus – Ibram. Desde 2010, o MCB passa por uma constante requalificação de suas áreas de atendimento, mas, apesar das ações desenvolvidas, parte do acervo encontrava-se vulnerável, devido à grande oscilação climática tanto nas áreas técnicas como expositivas.

Após um longo acompanhamento de umidade e temperatura, foram detectadas dois espaços que apresentavam maior risco ao acervo: a área expositiva onde está localizada a exposição de longa duração “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado” e o Centro de Documentação (Cedoc), onde estão armazenados o arquivo Ernani Silva Bruno (composto por fichas de cartolina) e parte do acervo institucional.

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h