Júri

Teresa Riccetti – coordenadora
Docente e pesquisadora da Universidade Presbiteriana Mackenzie, no curso de Design. Doutora em Ciências pela UNIFESP (2009). Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP (1999); Bacharel em Desenho Industrial pela FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado (1989). No período de 1990/91 foi membro da equipe de designers do Laboratório Brasileiro de Design – LBDI/CNPq (Florianópolis, SC). Aperfeiçoamento em Director Design pela Domus Academy, Milão (1992). Docente nos cursos de graduação e pós-graduação em Design, da FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado no período de (1994-2016). É vice-líder do grupo de pesquisa: Design, Teoria e Projeto; atua na área do design de produtos com ênfase no mobiliário e paisagem doméstica.

Agda Carvalho
Artista Visual e pós doutoranda em Humanidades Digitais (2019) pela Media-Lab, UFG. Pós-Doutora em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP (2015-2017) e doutora em Comunicação pela ECA-USP (2002). A profissional também é mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP (1995) e docente e pesquisadora do PPG – Mestrado e Doutorado em Design da Universidade Anhembi Morumbi e do Instituto de Tecnologia Mauá. Integra as publicações Design Contemporâneo (2005), Modos de Ver a Moda (2010), Sintonia da Moda (2010) e Corpo e Vestimenta (2015). Membro da ANPAP – Associação Nacional dos Pesquisadores em Artes Plásticas e da ABCA – Associação Brasileira dos Críticos de Arte. Integrou a Diretoria da Anpap (2017-2018) e coordenou o projeto Reconstituição do Ballet Triádico da Bauhaus- Centro Universitário Senac (2007-2009). Desenvolve pesquisas e projetos que tratam da articulação entre Design e Arte e a experiência do corpo/vestir/espaço. Entre as exposições destacam-se: SIIMI – FADU-UBA – Buenos Aires (2019); Zonas de Compensação – Galeria Instituto de Artes da Unesp (2019); Em Meios #9.0 – Museu da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (2017); ARS ELETRONICA – Festival – PostCity an international Festival for Art Technology and Society – Linz, Áustria (2017); Em Meios #10.0 (2018), Em Meios #8 (2016) no Museu Nacional da República, Brasília. Reengenharia dos sentidos – CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília (2016); Em Meios#7 (2015) – Edifício da Capitania dos Portos de Aveiro, Portugal.

Alexandre Salles
Graduado em Arquitetura e mestre em Semiótica Urbana pela FAU–USP, Alexandre coordena os cursos de graduação e pós-graduação em Design de Interiores e Design de Mobiliário do Instituto Europeu di Design – IED São Paulo. Possui experiência em grandes escritórios de arquitetura em São Paulo, além de possuir colaborações em projetos e concursos nacionais e internacionais de arquitetura. Em 2011, fundou o Estúdio Tarimba, escritório multidisciplinar com foco no desenvolvimento de projetos corporativos, comerciais, residenciais, consultoria e pesquisa em design.

Ana Claudia Maynardes
Possui graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal do Paraná (1989), mestrado (2002) e doutorado (2015) em Artes pela Universidade de Brasília. Atualmente é professora Adjunto do Depto de Design da Universidade de Brasília, e atua nos cursos de graduação e no Programa de Pós-Graduação em Design. É pesquisadora líder do Grupo de Pesquisa Laboratório de Desenvolvimento em Design – UnB/CNPq. Tem experiência na área de design, com ênfase em design de produto, atuando principalmente nos seguintes temas: design assistivo; características culturais do design brasileiro; design de móveis e design de jóias.

Anamaria Amaral Rezende Galeotti 
Graduada, mestre e doutora em Arquitetura e Design pela FAU–USP, Anamaria também possui especialização em Comunicação e Educação pela Universidade Anhembi Morumbi (1998). Atuou como coordenadora acadêmica e é professora em cursos superiores de Comunicação, Arquitetura e Design há 25 anos. Foi finalista no 29º Prêmio Design MCB, na categoria Trabalhos Escritos Não Publicados, com sua tese “A espuma, um modelo possível para os elementos de linguagem do design audiovisual e suas relações”. Trabalho este desenvolvido durante seu doutorado, elaborado durante período que foi bolsista Capes-Fulbright – na Stamps School of Arts and Design da University of Michigan – USA (2013-2014). É Integrante do International Color Association (IAC) Study Group on Color Education e do comitê científico da PRO COR Brasil. É sócia-diretora do G+R Gestão Design onde dá consultoria e ministra workshops em Cor e desenvolve projetos de Comunicação Visual, Identidade Visual e Arquitetura de Interiores.

Andréa de Souza Almeida
Graduada em Desenho Industrial na Sociedade Universitária de Santos (1986), mestre em Comunicação e Artes pela Universidade Mackenzie (1998) e doutora em Ciências da Comunicação pela USP (2005). Andréa possui experiência na área de Comunicação Visual, com atuação em empresas como: Indesign, Cauduro Martino, Made in Brasil, Graphic Designers e Caso Design, em projetos de embalagem de consumo e identidade corporativa. Atualmente é professora universitária e pesquisadora da Universidade Presbiteriana Mackenzie, desenvolvendo pesquisas com ênfase no ensino e cultura do design. Participa desde 2010 no júri de Trabalhos escritos do Prêmio Design MCB.

Auresnede Pires Stephan
Graduado em Desenho Industrial pela FAAP (1970), Bacharel em Propaganda pela ESPM (1970), mestre em Arte, Educação e Cultura pelo Mackenzie (2007) e doutor em Design pela FAU-USP (2015-2019), Auresnede atualmente é professor no curso de Moda da Faculdade Santa Marcelina e ESPM. Já foi jurado de diversas edições do Prêmio Design MCB, além de ter participado do júri do Prêmio IDEA, Prêmio Abilux, e da identidade visual da 5ª Bienal Brasileira de Design. Também foi consultor em três edições do Desafio Odebrecht-Braskem-Tramontina de Design, quatro edições do Prêmio Sebrae-Minas, Prêmio Tok&Stok de Design Universitário (2005 – atual), além de curador adjunto da 1ª e 2ª Bienal Brasileira de Design (São Paulo e Brasília), curador da Mostra Jovens Designers em todas as 6 edições ADP (Associação de Designers de Produto) e integra o conselho administrativo do Museu da Casa Brasileira. Coordena também a Coletânea 10 Cases do Design Brasileiro pela Blücher.

Clice de Toledo Sanjar Mazzilli
Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP (1984), onde também fez mestrado (1993), doutorado (2003) e livre-docência (2015) na área de Programação Visual. Lecionou no Instituto de Artes da Unesp (1997 a 2006) e atualmente é professora do Departamento de Projeto da FAU-USP, onde leciona desde 2001. Coordena o Programa de Pós-graduação em Design e o Laboratório de Programação Gráfica (LPG); foi coordenadora do curso de graduação em Design (2006 a 2009) e vice-coordenadora (2011 a 2013). Reúne experiência nas áreas de Design, Arquitetura e Arte, atuando principalmente nos temas: design editorial, design ambiental, fotografia, processos de criação em design, processos experimentais e linguagem.

Cyntia Malaguti
Graduada em Design pela Escola Superior de Desenho Industrial – UERJ (1980) e doutora em arquitetura e urbanismo pela FAU–USP (2000), Cyntia é professora-pesquisadora do curso de design e do programa de pós-graduação em design da FAU–USP. Ela é especialista em Gestão do Design e Design para Sustentabilidade e desenvolve pesquisas que abrangem temas como logística reversa, cultura material, matérias-primas para design, estudos de futuro e inovação.

Daniele Cristine de Carvalho Joukhadar
Graduada em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual (1999), mestre em Educação, Arte e Historia da Cultura (2004) pela Universidade Presbiteriana Mackenzie na qual é professora e pesquisadora nos cursos de graduação em Design, Publicidade e Propaganda. Foi professora colaboradora no curso de Latto Sensu em Comunicação Visual e Imagem de Moda na Universidade Presbiteriana Mackenzie, Design Gráfico no SENAC e Design de Interiores na Fundação Armando Alvares Penteado. Atua há 20 anos no mercado com foco em Design de Marca, Branding, Design de Varejo e Comunicação Corporativa a frente da Elemento de Comunicação.

Débora Gigli Buonano
Mestre e doutora em Educação Arte e História da Cultura pelo Mackenzie. Atuou profissionalmente na Pinacoteca do Estado de São Paulo e no MASP. Foi bolsista da Fundação Vitae na National Gallery of Art Washington – DC e atua como professora de História da Arte, História das Exposições e História do Design, no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e na Universidade São Judas Tadeu.

Eleida Pereira de Camargo
Graduada em Design pela FAAP, mestre pela FAU–USP e doutora pela UNIFESP, Eleida foi indicada ao prêmio CAPES de teses, concluiu a pesquisa de pós-doutoramento sobre Neurestética aplicada ao Design da Informação pela FAU-USP e é membro do corpo editorial da Revista Neurociências. Ela foi premiada na XXII Anual de Artes Plásticas e Visuais do Museu de Arte Brasileira e no Concurso de Criação e Design de Brinquedos: “Do Projeto ao Protótipo” (ABRINQ/ FAUUSP). Professora universitária há mais de 15 anos, tem diversos artigos publicados na área e é co-autora dos livros “Design de Embalagem: do Marketing à Produção” (Novatec); “Embalagens: Materiais, Processos, Máquinas e Sustentabilidade” (Prêmio Embanews) e “Better Packaging, Better World” (Instituto de Embalagens).

Gabriela Botelho Mager
Graduada em Design Gráfico pela Universidade Mackenzie (1992), especialista em Design de Móveis pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC (2001), mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2004) e doutora em Design, pela PUC Rio (2011). Sua tese intitulada “Havaianas, por que todo mundo usa? O espaço social da marca na contemporaneidade” faz uma análise sociológica do papel e gestão das marcas nas interações da sociedade global e foi o trabalho mais acessado no Sistema on line da PUC Rio no triênio 2013-2016, com 27.212 acessos. É professora efetiva do curso de Design e integrante do Programa de Pós-Graduação em Design da Universidade do Estado de Santa Catarina. Foi Diretora de Ensino em 2012-2013 e Diretora Geral do Centro de Artes da UDESC na gestão 2013-2017. Atua nas áreas de Branding, Gestão de Design, Design Editorial, Design Promocional, Design de Interação e Ergonomia.

Gabriel Patrocínio
PhD em Políticas de Design (Cranfield University, Reino Unido, 2013). Bacharel em Desenho Industrial pela ESDI/UERJ (1982). Em 2019, começou a lecionar no curso de design do ISMAT Portimão (Universidade Lusófona, Portugal). Professor da UERJ desde 1993, onde exerceu também as funções de Diretor (2004-2008) e Vice-Diretor (2000-2004) da ESDI, e a partir de 2014, Professor Adjunto do IFHT/UERJ (licenciado). Membro do Conselho de Design do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (2014-2016). Membro do Grupo Consultivo de Design do Governo do Estado do Rio de Janeiro (2007-2009). Diretor das associações de Designers Gráficos (ADG Brasil, 2013-2015), e de Designers de Produto (ADP, desde 2016) e membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Empresas de Design, Abedesign (2014-2015). Designer e consultor, especializado na área criatividade e inovação e de políticas de design. Premiado no MCB em 2014 (tese) e 2016 (livro). Já atuou como membro dos juris dos prêmios internacionais iF Design, A’ Design e Clap Design.

Giorgio Giorgi Júnior
Graduado em Desenho Industrial pelo Mackenzie (1976), com mestrado em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (1985) e doutorado (1998) e livre-docência (2018) pela FAU-USP, onde leciona desde 1989. Entre 2005 e 2015 idealizou (com Robinson Salata) e coordenou o curso de especialização em Design para a Movelaria junto ao Senac-SP. Em 2009 e 2011 coordenou a comissão julgadora do Prêmio Design do Museu da Casa Brasileira. Seus projetos de luminárias com Fabio Falanghe foram premiados pelo MCB (1988, 1995, 2002 e 2013), indicados para o German Design Award (2013) e receberam o Good Design Award do The Chicago Athenaeum (2011).

Grace Kishimoto
Graduada em Desenho Industrial pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e mestre em Design pela Universidade Anhembi Morumbi. Atualmente é professora pesquisadora, integrante do grupo de pesquisa “Design, Teoria e Projeto” no Curso de Design da FAU-Mackenzie e integrante do grupo de pesquisa “Design e Corpo: Abordagens Projetuais na Arte e Moda” do PPG mestrado e doutorado em Design da Anhembi Morumbi. Experiência em Consultoria em Design e atuação como docente em disciplinas na área de Projeto, com ênfase em embalagem, brinquedo e joia.

Gustavo Curcio
Arquiteto, mestre e doutor (com pós-doutorado) em Design e Arquitetura pela FAU–USP, Gustavo é sócio-diretor da MAGU Comunicação Integrada Ltda. Atuou como professor no Departamento de Projeto da FAU–USP até 2018. É editor das revistas Arquitetura e Urbanismo, Téchne e Construção Mercado. Atuou como Editor de Arte, Design e Decoração no núcleo de Casa e Construção da Editora Abril S/A (2005-2011) e dirigiu a redação das revistas Ronnie VON, Ameizing, Acontece/Scania e Na Poltrona na RMC editora (2011-2013). É autor dos seguintes livros: “Madeira: matéria-prima para o Design”, “Antonio De Mitry: na prática, a teoria é outra”, “Design, Mobiliário, Automóveis” (Senai, 2014) e “Sandra Fóz Décor Tables – Interior, Design e Decoração”. Gustavo desenvolve pesquisas na área de Design de Mobiliário Popular possui experiência na área de design de mobiliário, estética do design e elaboração de projetos gráficos e editoriais.

José Carlos Plácido da Silva
Bacharel em Desenho Industrial (1980), com Licenciatura em Educação Artística – Habilitação em Desenho (1978) e livre docência em Ergonomia pela Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (1997) da UNESP, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela FAU–USP (1985) e doutor em Ciências na área de Geografia (Geografia Humana) pela USP (1991), José Carlos é professor titular aposentado do Departamento de Design, do Programa de pós-graduação em Design (Mestrado e Doutorado) e do Laboratório de Ergonomia e Interfaces (LEI) da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP. É co-líder no Grupo de Pesquisa Desenho Industrial: Projeto e Interfaces. Tem experiência na área de design com ênfase em ergonomia, design de produto, atuando principalmente nos seguintes temas: design, desenho industrial, ergonomia, antropometria, design ergonômico, projeto de produto e desenho de produto.

José Roberto D’Elboux
Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP, instituição onde também recebeu o título de Mestre em Arquitetura e Urbanismo e Doutor em Design. Sua dissertação de Mestrado foi finalista em 2013 no 27º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira – categoria Trabalhos escritos não publicados e, sua tese de Doutorado, recebeu Menção Honrosa no 32º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira – Categoria Trabalhos Escritos Não Publicados, em 2018. Tem especialização em Design Gráfico pelo Centro Mariantônia da USP. É professor na Graduação de Publicidade e Propaganda e na Pós-Graduação em Design na FAAP e, também, Diretor de Arte e de Criação com passagens nas agências DPZ, Y&R, Publicis, Leo Burnett e Africa. É curador do projeto Tipos Paulistanos, que registra tipografias existentes na paisagem urbana e arquitetônica de São Paulo.

Marcelo Farias
Doutor e mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP; Pós-Graduado (lato sensu) em Design Management pela Università degli Studi di Roma “La Sapienza” (Itália); Agente de Inovação Tecnológica pela Universidade Tiradentes – UNIT; Posgrado Mercosur en Muebles pelo Centro de Diseño Industrial – CDI/FADU, Uruguai; Graduado em Desenho Industrial pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB. Professor do curso bacharelado em design do Centro Universitário Senac, professor do curso de design gráfico e de produto da Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP/SP e professor convidado da Sustentare Escola de Negócios em Joinville/SC. Atuou como coordenador do curso de design gráfico e de produto da FAAP/SP, como professor dos cursos de graduação e pós-graduação do Istituto Europeo di Design – IED/SP, do curso de pós-graduação em Creative Design Business do Instituto Mauá de Tecnologia – IMT e do curso de design da Universidade Tiradentes – UNIT. Gerenciou o Programa Via Design do SEBRAE Nacional e coordenou o programa de formação em design estratégico no IED Centro Ricerche em São Paulo. Desenvolve estudos, pesquisas e projetos de consultoria sobre processos de criação, construção da linguagem do design (identidade e imagem) e gestão e estratégica do sistema design (produto – comunicação – serviço – marca) em distintos setores do mercado, seja no âmbito do ensino ou da prática profissional.

Maria Stella Tedesco Bertaso
Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1991), com Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2001) e especialização em Exhibition Design pela Domus, Milão, atua como arquiteta e professora. Lecionou nos cursos de Desenho Industrial e Arquitetura e Urbanismo, da Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) de 1999 até 2016, em disciplinas de projeto e nos cursos de pós-graduação em Design de Interiores e em Design Gráfico da mesma instituição. Entre 2010 e 2012 conduziu cursos livres na Escola São Paulo e atualmente leciona nos cursos de graduação e pós-graduação de Arquitetura no SENAC SP. Colaborou com escritórios de arquitetura em São Paulo a partir de 1989, possuindo escritório próprio desde 2001, onde desenvolve projetos expográficos, institucionais, residenciais e comerciais.

Mirtes Marins de Oliveira
Mestre e doutora em Educação, História e Filosofia. É docente e pesquisadora na pós-graduação em Design da Universidade Anhembi Morumbi e Pós-Doutora pela FE-USP. Coeditou, com Lisette Lagnado, a publicação marcelina (2008-2012). Curadora de “contra o estado das coisas – anos 70”, na Galeria Jaqueline Martins, em 2014, de “Arte para todos! Liberação e Consumo” (Instituto Figueiredo Ferraz, em Ribeirão Preto) e “especular”, na Galeria Jaqueline Martins, em 2018. Participou, em 2015, do livro “Cultural Anthropophagy: The 24th Bienal de São Paulo 1998”, da coleção Exhibition Histories, da editora inglesa Afterall com texto sobre a recepção crítica da mostra. Escreveu em 2013 e 2014 para revistas Select e Afterall Online. Organizou, com Fabio Cypriano, o livro “Histórias das Exposições: Casos Exemplares”, pela EDUC (2016). Autora de “The body and the opus as a witness of times” sobre o trabalho de Letícia Parente, publicado em Schor, Gabriele. The feminist avant-garde. Art of the 1970s. The SAMMLUNG VERBUND Collection. Vienna, 2017. Escreveu para revistas e plataformas Select, Arte Brasileiros!, Artsoul, entre outras.

Myrna Nascimento
Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP, mestre e doutora em Arquitetura e Urbanismo e também mestre em Ciências da Comunicação, Myrna é professora e pesquisadora do departamento de Projeto da FAU-USP, nos cursos de Arquitetura e Design, e do Centro Universitário Senac, onde também coordena o grupo de pesquisa em Comunicação, Arquitetura e Design. Os temas de suas pesquisas englobam ensino e experimentação, analogias entre Design e Arquitetura, Projeto/ Linguagem/ Representação, Comunicação/ Espaço/ Significação e estudos transdisciplinares dirigidos às representações da cultura material e imaterial.

Nara Sílvia Marcondes Martins
Pós-Doutorado em Artes Visuais na Faculdade de Belas Artes-Universidade de Lisboa, Doutora em Arquitetura e Urbanismo na FAU-USP, Mestre em Artes Visuais pela IAUNESP, graduada em Comunicação Social na FAAP e em Artes Plásticas na Faculdade de Artes de São Paulo. É professora pesquisadora nos cursos de graduação de Arquitetura e Urbanismo e Design na Universidade Presbiteriana Mackenzie, orienta pesquisas de conclusão de curso, iniciação científica e monografia. Atualmente coordena o curso de Graduação de Design-FAU UPM, foi Coordenadora Adjunto Apoio Acadêmico, Coordenadora de Pós-Graduação Lato Sensu em Arquitetura e Design FAU-UPM e Coordenadora do curso de Graduação de Design FAU UPM. É líder do grupo de pesquisa certificado pelo CNPq: Design, Teoria e Projeto desde o ano de 2000. Possui experiência na área do Design, Comunicação, História e Teoria do Design e das Artes Visuais. Possui pesquisas que discutem o contexto e as tendências do design contemporâneo, o design emocional, design socioambiental e economia criativa. É presidente da Associação Design Possível. Tem publicações de artigos científicos em congressos e periódicos internacionais além de livros e revistas especializadas.

Nelson José Urssi
Designer e Arquiteto. Doutor em Design e Arquitetura pela FAU-USP (2017), Mestre em Comunicação e Artes pela ECA-USP (2006) e graduado em Arquitetura e Urbanismo pela PUC Campinas (1986). É professor universitário e coordena os Bacharelados em Design no Centro Universitário Senac. Profissional de projeto, investiga a experiência do indivíduo em uma cidade plena de dados. Integra os grupos de pesquisa Design, Ambiente e Interfaces na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e UrbeLab 4xCidade com o projeto Metacidade, design, dados e urbanidade no Centro Universitário Senac.

Norberto Gaudêncio Junior
Graduado em Design Gráfico, mestre e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pelo Mackenzie, com estágio realizado na Université Paris Descartes – Sorbonne (Programa Institucional de Bolsas de Doutorado Sanduíche do Exterior – PSDE/CAPES), Norberto coordena a Educação Continuada do Centro de Comunicação e Letras no Mackenzie e assina a coluna “Cultura Gráfica”, publicada regularmente na revista Tecnologia Gráfica. É também autor dos livros “A Herança Escultórica da Tipografia” (2004) e “Cultura Gráfica” (2010), publicados pela Edições Rosari. Foi curador e autor do texto do catálogo da exposição “Veja ilustre passageiro: o Atelier Mirga e os cartazes de bonde”, realizada no Instituto Tomie Ohtake (2011).

Patricia Amorim
Graduada em Jornalismo e em Design Gráfico, é doutora em Design pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em sua tese, investigou a introdução do Desenho Industrial moderno no Brasil e na Argentina nos anos 1950 e 1960. É professora e pesquisadora em História do Design na ESPM São Paulo e integrante do comitê institucional do Programa de Iniciação Científica PIC/ESPM. Desde 2015, atua como membro do júri do Prêmio Design Museu da Casa Brasileira. Suas publicações incluem artigos em periódicos e revistas culturais, capítulos de livros e colaborações com editoras, dentre elas a tradução adicional da versão 4.0 do livro Elementos do Estilo Tipográfico (Cosac Naify/Ubu). Tem especial interesse nas conexões entre design e história social, comunicação visual e educação.

Rachel Zuanon Dias
Dra. Rachel Zuanon é docente no Curso de Artes Visuais e professora/pesquisadora junto às áreas de Processo Criativo em Composição Artística e de Arte e Tecnologia, do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (IA-UNICAMP). Desde 1998, dedica sua pesquisa à cooperação Neurociência e Processos Criativos e Projetuais para aplicações em Arte, Arquitetura, Design, Educação e Saúde. Editora do livro Projective Processes and Neuroscience in Art and Design, publicado pela IGI Global, Pennsylvania [EUA]. Com pesquisas publicadas em periódicos e livros qualificados nos âmbitos internacional e nacional, e apresentadas em diversos países, como Alemanha, Brasil, Canadá, China, Cingapura, EUA, Grécia, Japão, Portugal, Taiwan, Turquia, UK, Viena, entre outros. Assessora ad-hoc da CAPES e da FAPESP. No período de 01/2013 a 06/2018, Dra. Rachel Zuanon atuou como coordenadora do Doutorado e do Mestrado em Design [PPGDesign-UAM] (CAPES nota 5, no quadriênio 2013-2016). De 2010 a 2018, foi pesquisadora e docente do PPGDesign-UAM.

Regina Lara

REGINA LARA é Docente Pesquisadora no Programa de Pós-Graduação em Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) São Paulo/Brasil. Artista Plástica, expõe regularmente e atua na Criação e Restauro de Vitrais; BACHARELADO EM DESIGN pela UPM, MESTRADO em ARTES pela UNICAMP, DOUTORADO em PSICOLOGIA pela PUCCAMP, PÓS-DOUTORADO pela VICARTE – Vidro e Cerâmica para as Artes, Unidade de Investigação da FCT-UNL e FBAUL em Lisboa, Portugal. Tem experiência na área de artes, mantendo vínculos com a educação, desenvolvimento de projetos de formação artística e cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: arte, design, criatividade, processos criativos, patrimônio e história cultural. É membro do ICOM Glass – The International Committee for Museums and Collections of Glass, da CRIABRASILIS -Associação Brasileira de Criatividade e Inovação e da ANPAP-Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas. Líder do Grupo Arte e Linguagens Contemporâneas-PPG-EAHC da UPM,  e pesquisadora no Grupo Museu/Patrimônio da FAU-USP-Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Membro do  conselho editorial da Revista ARA – FAU-USP e da Editora Uva Limão.

Tatiana Gentil Machado
Graduada, mestre e doutora pela FAU-USP, possui experiência em Arquitetura, Comunicação e Design, e desenvolve pesquisas com ênfase nas relações entre design, educação e interação, especialmente em museus, espaços culturais e educativos. Foi professora nos cursos de Graduação em Design Gráfico da Universidade Anhembi Morumbi, da Escola da Cidade, e de Pós-Graduação em Design de Interiores da FAAP. Lecionou também nos cursos trienais e de pós-graduação do Istituto Europeo di Design São Paulo (IED São Paulo) e nos cursos de formação profissional ministrados pelo CRIED São Paulo em parceria com o SEBRAE Nacional. É sócia-diretora da Entrespaço Design e Comunicação, onde realiza pesquisa, consultoria e projetos de sistemas de identidade nas áreas de design e arquitetura, desenvolvendo projetos para empresas e instituições culturais e educacionais, por meio do design de comunicação visual, mobiliário, sinalização e ambientação.

Zuleica Schincariol
Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela FAU–USP, especialização em Estudos de Museus de Arte pelo Museu de Arte Contemporânea da USP, mestrado em Arquitetura e Urbanismo, na sub-área de concentração de Programação Visual, pela USP. Zuleica é professora e pesquisadora do Curso de Design da FAU-Mackenzie, integrante do grupo de pesquisa Design, arte, linguagens e processos. Tem experiência profissional no campo do design, com ênfase em programação visual, atuando principalmente nos temas relativos a design gráfico, design editorial, tipografia, design gráfico ambiental e história do design.

RECEBA NOSSA PROGRAMAÇÃO

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório
Entrar em contato

ter. a dom. das 10h às 18h