« VOLTAR

MOSTRA | CARRILHO DA GRAÇA: LISBOA

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresenta a exposição sobre um dos arquitetos portugueses mais relevantes da atualidade: João Luís Carrilho da Graça, cujo nome figura ao lado de grandes como Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura. Carrilho da Graça tem a peculiaridade de priorizar o território e sua topografia como o suporte de suas obras, e é este olhar o principal foco da exposição Carrilho da Graça: Lisboa, com abertura dia 1º de fevereiro, quarta-feira às 19h30, com entrada gratuita.

Mais que um recorte de localidade – a cidade de Lisboa – ou de cronologia, as obras selecionadas mostram como o arquiteto pensa seus projetos a partir de sua “teoria do território”, que relaciona a influência da topografia com os percursos humanos e suas construções.

A mostra traz uma oportunidade única de conhecer a obra do arquiteto, com projetos construídos e não-construídos na capital portuguesa, desde alguns mais conhecidos, como a Escola Superior de Comunicação Social (1987-1993), quanto outros menos publicados, como o plano estratégico no programa Valis (Valorização de Lisboa), e seus projetos que concorreram para os pavilhões de Portugal na Expo’98.

“Reforçando sua vocação e tradição na abordagem de assuntos ligados à arquitetura e ao urbanismo, o Museu, ao apresentar a obra de Carrilho da Graça, destaca a conexão intrínseca entre o projeto do edifício e a paisagem urbana”, conta Giancarlo Latorraca, arquiteto e diretor técnico do MCB.

Esta exposição foi apresentada pela primeira vez no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, de setembro de 2015 a fevereiro de 2016, e no Museo de Arquitectura Leopoldo Rother, em Bogotá, Colômbia, de outubro a dezembro de 2016. A curadoria é feita por Susana Rato, arquiteta e colaboradora do escritório Carrilho da Graça, e Marta Sequeira, professora e pesquisadora na Universidade de Évora.

O evento contará com a presença de Carrilho da Graça, que dará palestra sobre seus projetos e seu modo de trabalho. Não é necessário agendamento prévio, e a entrada é gratuita.

Como programação paralela à mostra, o Educativo MCB realiza a atividade Arquitetura de Papel, que propõe construções tridimensionais a partir de mapas de diferentes camadas da cidade de São Paulo, como topografia, hidrografia, história etc., tendo como inspiração o pensamento e a obra do arquiteto português João Luís Carrilho da Graça.

Carrilho da Graça
Trabalha em escritório próprio desde que se formou na Escola Superior de Belas-Artes em Lisboa. Ao conjunto da sua obra foram atribuídos diversos prêmios, como o prêmio Aica (Associação Internacional dos Críticos de Arte) em 1992, a Ordem de Mérito da República Portuguesa em 1999, o prêmio da Bienal Internacional da Luz – luzboa em 2004, o título de “Chevalier des arts et des lettres” pela república francesa em 2010, o “Prêmio Pessoa” em 2008.

Realização: MCB
Apoio: República Portuguesa, DGArtes, Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Consulado Geral de Portugal, Centro Cultural de Belém, Escola da Cidade
Patrocínio: Diasen, Grupo Pavigrés, Cimentos Supremo, Cimentos Secil, Everlux

SERVIÇO

Carrilho da Graça: Lisboa

Abertura: dia 1º de fevereiro, quarta-feira às 19h30 (entrada gratuita)
Visitação: até dia 19 de março

Local: Museu da Casa Brasileira – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano
Telefone: (11) 3032-3727
www.mcb.org.br  

VISITAÇÃO
De terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 8 e R$ 4 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada
Gratuito aos finais de semana e feriados

Acesso a pessoas com deficiência
Bicicletário com 40 vagas | Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: (11) 3026.3913 | agendamento@mcb.org.br | www.mcb.org.br