« VOLTAR

VIRADA INCLUSIVA

Aderindo ao movimento pela inclusão da pessoa com deficiência, o Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, participa da oitava edição da Virada Inclusiva, que tem a missão de incentivar e possibilitar que pessoas com e sem deficiência possam envolver-se em ações inclusivas em praças, parques, museus e teatros, dentre outros espaços. O evento, realizado de 01 a 03 de dezembro, é coordenado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Como parte da programação do Museu, os visitantes poderão conferir a exposição ‘Emoção de Dúvida’, elaborada pelo Educativo do MCB em parceria com o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS Itaim. A mostra expõe fragmentos de frases e desenhos da equipe de terapia ocupacional, enfermagem, psiquiatria e frequentadores do CAPS em cortinas instaladas no banheiro original da residência que pertenceu à família Crespi Prado e hoje abriga o Museu da Casa Brasileira.

“O trabalho exposto revela um pouco da parceria que existe há três anos entre o MCB e o CAPS Itaim. Nada mais íntimo em uma casa que o banheiro. E suas cortinas são, aqui, o seu retrato”, explica Carlos Barmak, coordenador do Educativo do MCB, sobre a mostra ‘Emoção de Dúvida’.

Ainda no tema da inclusão, no dia 2 de dezembro, às 10h, em homenagem ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, será aberta a exposição ‘Cadeira Firmeza’ em parceria com o Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar – CIAM, que trará como destaque a ‘cadeira de posicionamento em papelão’, desenvolvida pelo Laboratório de Tecnologia Assistiva de Baixo Custo da instituição. A ideia do Museu em apresentar o desenvolvimento dessa cadeira é destacar a busca de soluções de baixo custo, de forma eficiente e com o apoio de profissionais da saúde, para o desenvolvimento de produtos que implementam qualidade de vida, muitas vezes feitas fora do circuito do design consagrado.  

As exposições ‘Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB’, ‘Desenhando a cidade: Neco Stickel’, 31º Prêmio Design MCB e ‘A Casa e a Cidade – Coleção Crespi Prado’ permanecerão abertas para visitação durante a Virada Inclusiva no MCB.

Confira abaixo o manifesto da exposição ‘Emoção de Dúvida’ realizada pelo Educativo MCB em parceria com o CAPS Itaim:

Emoção de Dúvida
“Emoção de dúvida” foi uma fala trazida pelo Rodney enquanto líamos o texto do Becket sobre o Nada*. Ficamos em dúvida juntos.
Criamos, então, uma casa. O Caps de portas abertas pra rua e o Museu da Casa Brasileira desconstruído.
Cortinas-retratos, cortinas que descortinam cada pessoa e suas histórias. A marca desses encontros é a intimidade, a confiança de contar coisas que moram só, dentro de uma pessoa ou dentro de uma casa.
O banheiro: lugar de uso diário, onde deságuam pensamentos, intimidades, espelhamentos, reflexos, transparências, tempestades e maremotos de emoções.
É aqui onde apresentamos fragmentos de frases, desenhos, objetos pessoais, gravações de áudio que foram cuidadosamente colhidos ao longo dos três anos de parceria entre o Centro de Apoio Multidisciplinar – CAPS Itaim Bibi e o Educativo do MCB.
A fundação dessa casa é feita de admiração e afeto entre os educadores do museu, a equipe de terapia ocupacional, enfermagem e psiquiatria e os freqüentadores do CAPS.
Chá de casca de maracujá ao invés de remédios.
Emoção de Dúvida.
*Samuel Becket – Textos para nada.

 

Sobre o Educativo MCB

O Educativo MCB propõe práticas que articulam o olhar, o fazer e o pensar para que os visitantes assumam o papel de investigadores, pesquisando os conteúdos que o museu oferece em uma perspectiva contemporânea. A ideia é criar desafios para que os participantes das atividades educativas levantem questões a partir de suas próprias experiências e descubram novos sentidos ao relacionar a visita ao MCB com suas vidas. Visitas em grupos – como de instituições sociais e de ensino – podem ser agendadas previamente. A duração é de aproximadamente uma hora e meia. Grupos com mais de 25 pessoas são divididos em duas turmas. Visitas espontâneas podem ser realizadas individualmente ou em grupo.

 

Sobre o MCB

O Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação contempla exposições temporárias e de longa duração, além de uma agenda com debates, palestras e publicações que contribuem na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre as inúmeras iniciativas do MCB, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal reconhecimento do segmento no país, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, cujo objetivo é resgatar e preservar a memória sobre a diversidade do morar do brasileiro.

 

SERVIÇO

Virada Inclusiva no MCB

‘Emoção de Dúvida’ – em parceria com o CAPS Itaim – Centro de Atenção Psicossocial

Dias 01, 02 e 03 de dezembro – das 10h às 18h

‘Cadeira Firmeza’ – em parceria com o CIAM – Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar

Abertura dia 02 de dezembro – a partir das 10h – Entrada Gratuita

‘Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB

‘Desenhando a cidade: Neco Stickel’

31º Prêmio Design MCB

‘A Casa e a Cidade – Coleção Crespi Prado’

Dias 01, 02 e 03 de dezembro – das 10h às 18h