« VOLTAR

Apresentação dos filmes Political Dress e Art of Disappearing | Diálogo Design: Polônia Brasil

No dia 24 de setembro, domingo, às 15h, no terraço do MCB, acontecerá a apresentação dos filmes Political Dress e Art of Disappearing. A atividade faz parte da programação especial da exposição Diálogo Design: Polônia Brasil. 

Political Dress (2011) – 63 mim
Direção: Judyta Fibiger
O filme “Political Dress” mostra diferentes etapas da República Popular Polonesa e as mudanças na percepção da moda. Do stalinismo duro quando, por se usar meias coloridas, corria-se o risco de ser preso pela milícia, durante os anos 60, e a relativa abertura da Polônia para a moda francesa, tempos da propaganda de sucesso dos anos 70. 

Art of Disappearing (2013) – 52 min
Direção: Bartek Konopka, Piotr Rosotowski
O filme de Bartek Konopka e Piotr Rosołowski conta a história de Amon Frémon, um sacerdote de voodoo do Haiti que, a convite de Jerzy Grotowski, visitou em 1980 a República Popular da Polônia.

 

Sobre Diálogo Design: Polônia Brasil

A mostra, que tem curadoria das polonesas Magda Kochanowska e Ewa Solarz e do brasileiro Gabriel Patrocínio, segue o conceito de estabelecer paralelos entre os designers da Polônia e do Brasil. O curador explica que foi a partir da constatação de semelhanças entre a atividade de projetar dos dois países que surgiu a ideia da exposição, e enfatiza o quanto suas culturas se aproximam quando o assunto é design. “Obviamente, existem diferenças históricas e outras influências, que também refletem na produção contemporânea dessas nações, que nos levaram a acreditar que essa justaposição poderia oferecer um rico panorama de atuação e propor, ao mesmo tempo, caminhos para uma eventual colaboração entre os dois países”, comenta Gabriel.

“A mostra ‘Diálogo Design: Polônia Brasil’ demonstra o objetivo do MCB em dar continuidade às parcerias internacionais, que asseguram a maior heterogeneidade de nossa programação expositiva”, afirma Giancarlo Latorraca, diretor técnico do museu.

 “É como se a casa brasileira se abrisse à casa polonesa, numa atitude cosmopolita típica de uma metrópole como São Paulo, trazendo para dentro os objetos de uma nação que contribui para a nossa formação multicultural”, complementa Gabriel Patrocínio, curador da exposição.

A exposição ‘Diálogo Design: Polônia Brasil’ reúne tradição e inovação em 20 cartazes e 25 peças icônicas de mobiliário, vidro e porcelana. Além disso, cinco designers gráficos poloneses e cinco brasileiros foram convidados para retratar dois cartazes, um representando a sua nação de origem e o outro com a sua visão do segundo país da mostra – cartazes que serão distribuídos, gratuitamente, no dia da abertura da exposição.

 

Jorge Zalszupin – novidade da ‘Diálogo Design: Polônia Brasil’ no MCB

Após uma temporada em Brasília e outra no Rio de Janeiro, a exposição ‘Diálogo Design: Polônia Brasil’ inaugura em São Paulo, no Museu da Casa Brasileira, em versão ampliada: incorpora um recorte com peças de Jorge Zalszupin, arquiteto polonês naturalizado brasileiro e conhecido pela importância da sua contribuição na construção da identidade do design moderno brasileiro. Essa seleção, em homenagem ao designer, será apresentada pela primeira vez na capital paulista.

Por meio dessa pequena mostra, intitulada “JZ: O diálogo personificado", os visitantes poderão conhecer com riqueza de detalhes do trabalho do designer, disposto em duas salas. “Zalszupin personifica o diálogo que buscamos para representar a exposição como um todo. Reunimos um pequeno, mas significativo – quase icônico – conjunto de nove peças projetadas por ele. Isso mereceu um segmento especial”, explica o curador, Gabriel Patrocínio.