« VOLTAR

2ª Jornada do Patrimônio

Durante os dias 27 e 28 de agosto, a Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Departamento de Patrimônio Histórico (DPH), realiza a 2ª edição da Jornada do Patrimônio. O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, participa da Jornada abrindo suas portas para visitas gratuitas, no horário das 10h às 18h.

Alinhando-se ao tema desta edição, “Origens da Cidade”, destaca-se a exposição A Casa e a Cidade – Coleção Crespi Prado, que aborda o uso residencial do imóvel que hoje abriga o museu por meio do cotidiano e da trajetória de seus moradores originais: o casal Renata Crespi e Fábio Prado, protagonista de transformações históricas, culturais e urbanísticas na cidade de São Paulo.

Outra exposição do Museu é a Coleção MCB, que faz um recorte do acervo da instituição constituído por móveis e objetos representativos da casa brasileira desde o século 17 até os dias de hoje.

O MCB também conta com três mostras de curta duração: Design Mirim, Hugo França: Escalas em Contraste e Projeto Balanço MCB+BOOMSPDESIGN, em cartaz até 16 de outubro.

Outras atividades do MCB para este fim de semana estão incluídos na Virada Sustentável. Veja a programação abaixo.


27 de agosto, sábado


10h e 14h – Ação de produção de mobiliário
O artista Hugo França realiza no Jardim MCB a transformação de três árvores condenadas em esculturas mobiliárias. A ação ja foi realizada em outros locais como o Parque Ibirapuera (São Paulo) e o Museu do Açude (Rio de Janeiro). Dividida em dois momentos, com duração de três horas cada, faz parte da programação de atividades da exposição Hugo França: Escalas em contraste, em cartaz de 13 de agosto a 16 de outubro.


28 de agosto, domingo


11h – Música no MCB
O Sexteto Serau celebra os 110 anos de nascimento de Radamés Gnattali em uma apresentação composta pelas principais obras do maestro, incluindo o repertório escrito exclusivamente para o saxofonista e clarinetista Paulo Moura, com foxtrotes, sambas-canção, chorinho e valsas. O grupo é formado por músicos paulistanos da nova geração com uma extensa bagagem musical.

13h às 17h – Brincadeiras no Jardim
Brincadeiras livres e dirigidas para a família

13h – Diálogo de Guerreiros – Alinhando nossas fibras pessoais com a cidade
A atividade desenvolve a união do conhecimento e práticas de antigas tradições aplicadas com a ciência moderna. A ideia é promover a saúde integral do ser humano por meio de práticas que favoreçam o desenvolvimento integral da consciência física, vital, mental, espiritual e ecológica. Os participantes irão vivenciar movimentos chamados “passes energéticos”, técnicas de respiração e visualização guiada que dão acesso à nossa energia essencial.

14h30 – Circulo de Tambores Comunitário
Atividade integrativa onde os participantes, munidos de tambores e sem atender quaisquer requisitos prévios, tocam e produzem conteúdos sonoro-musicais espontâneos, proporcionando novas experiências musicais, regozijo, auto-expressão, alívio do estresse, afloramento do espírito comunitário e de camaradagem, percepção de vínculos de pertencimento humanitários, dentre outros. Esta atividade é componente integrado ao Projeto Fala Sampa.

15h30 – Aula de Yoga
Ministrada por Deva Bandhu e Nanda Priya, a prática de yoga e respiração proporciona uma conexão com o momento presente, trazendo a consciência do indivíduo como parte do todo e estimulando a realização de ações sustentáveis no cotidiano. A prática de yoga é indicada a todos os níveis e incluirá exercícios posturais (asanas), exercícios de respiração (pranayama) e técnicas de meditação.

16h30 – Jazz Meditativo
Através da improvisação coletiva, os músicos se colocam em uma posição de meditadores para se conectarem aos ouvintes e formar uma só corrente de não-pensamento, onde o som flui e trás a integração de todos os presentes no ambiente.