« VOLTAR

EDUCATIVO MCB | OFICINAS NA CALÇADA - AGOSTO


Na calçada do MCB são realizadas diversas oficinas gratuitas oferecidas pelo educativo de terça a sexta, sem a necessidade de inscrição prévia. Com diferentes temas, elas têm o intuito de realizar reflexões relacionadas às variadas formas do “morar”.

 

A Casa Estampada

07 e 21 de agosto, terças-feiras, das 11h às 12h30

São oferecidas ao público noções básicas de serigrafia, processo no qual consiste na impressão de uma estampa em uma superfície. A partir disso, a artista Mônica Schoenacker estampará imagens de peças do acervo do museu em panos de prato. O participante poderá levar seu trabalho para casa. 

 

As Palavras e as Casas

08 e 22 de agosto, quartas-feiras das 10h30 às 12h

Os educadores do MCB realizam transcrições poéticas em máquinas de escrever sobre os relatos afetivos relacionados ao morar do público passante. Os textos datilografados poderão ser levados pelos participantes.

 

Casa Bordada

15 e 29 de agosto, quartas-feiras, das 10h30 às 12h

A artista educadora Beth Ziani oferecerá ao público passante noções básicas de bordado e aplicação em tecido a partir de imagens de peças do acervo do MCB e de lembranças de objetos domésticos de uso cotidiano. O participante poderá contribuir para a confecção de um grande bordado coletivo ou iniciar um trabalho individual. 

 

Desenho sua Casa

03 de agosto, sexta-feira, das 11h às 12h30

A proposta é fazer um desenho da casa do participante a partir de uma descrição afetiva ou de uma fotografia. O original poderá ser levado para casa e os desenhos serão digitalizados ou fotografados e arquivados no museu.

 

Cantando no Chuveiro

10 e 24 de agosto, sextas-feiras, das 11h às 12h30

Investigação das lembranças e das memórias dos participantes relacionados às suas casas por meio do repertório e da expressão musical. As canções serão gravadas e arquivadas no museu.

 

*Programação sujeita a alteração

 

Sobre o Educativo MCB 
O Educativo MCB propõe práticas que articulam o olhar, o fazer e o pensar para que os visitantes assumam o papel de investigadores, pesquisando os conteúdos que o museu oferece em uma perspectiva contemporânea. A ideia é criar desafios para que os participantes das atividades educativas levantem questões a partir de suas próprias experiências e descubram novos sentidos ao relacionar a visita ao MCB com suas vidas. Visitas em grupos – como de instituições sociais e de ensino – podem ser agendadas previamente. A duração é de aproximadamente uma hora e meia. Grupos com mais de 25 pessoas são divididos em duas turmas. Visitas espontâneas podem ser realizadas individualmente ou em grupo.