« VOLTAR

ABERTURAS NOTURNAS - JULHO

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promove três aberturas noturnas no mês de julho, nos dias 1, 15 e 29, com gratuidade para o ingresso das 18h às 22h. Por meio do horário estendido, o MCB visa ampliar as opções de acesso ao público e criar alternativas para que mais visitantes possam conhecer o Museu e suas atrações.

Nos dias 1 e 15 de julho o destaque vai para as duas exposições temporárias em cartaz no MCB. Casas, a morada das almas apresenta técnicas construtivas ancestrais como taipa de pilão e pau a pique, suas variações e adaptações. Resultado de dez anos de pesquisa da fotógrafa Zaida Siqueira nas diferentes regiões do Brasil, a mostra reúne fotografias, instalações e vídeos abordando diversas tipologias de habitações brasileiras. Já a exposição Cooperativas habitacionais no Uruguai – meio século de experiências apresenta, por meio de fotografias, desenhos e maquetes, 20 obras produzidas em Montevidéu ao longo de 50 anos, que contemplam diversas modalidades de gestão, implantações urbanas e concepções de projeto.

Na última abertura noturna do mês, no dia 29 de julho, além das exposições, será possível participar de palestra que integra a programação da mostra Casas, a morada das almas. Às 19h, o engenheiro Felipe Pinheiro fala sobre arquitetura vernacular e o uso dos recursos locais na habitação e ambiente: estratégias conforme o clima, tecnologias construtivas com terra crua, autoconstrução e a participação comunitária. A participação é gratuita e dispensa inscrição.

 Em todas as datas, o público também poderá visitar as exposições de longa duração Coleção MCB e A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado. A primeira reúne móveis e utensílios representativos da casa brasileira do século 17 ao 21 e a segunda retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais da casa que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi.

Realizadas desde o início de 2012, as aberturas noturnas contribuíram, ao lado de um conjunto de ações do MCB, para o crescimento da frequência ao museu a patamares superiores aos 100 mil visitantes anuais. Além das exposições de acervo e mostras temporárias sobre arquitetura e design, os visitantes têm acesso também a atrações especialmente elaboradas para o horário estendido, como visitas orientadas por curadores, apresentações musicais, lançamentos de documentários e livros, debates, entre outras programações. 

Em todas as aberturas noturnas o Museu da Casa Brasileira atende ao público espontâneo e a grupos agendados. Os interessados em realizar visitas educativas podem ligar para (11) 3026.3913 e saber mais detalhes sobre esta iniciativa e as atrações em cartaz.